AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / HOMENAGEM

Paolla Oliveira entrega paixão em comum com Zeca Pagodinho: ''Não abro mão''

Atriz é Rainha de Bateria da Acadêmicos da Grande Rio e busca bicampeonato; tema enredo da escola é o sambista

Da redação Publicado em 13/02/2023, às 09h21

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Paolla Oliveira é rainha de bateria da Grande Rio, que homenageará Zeca Pagodinho - Instagram/@paollaoliveirareal/@zecapagodinho/Vítor Melo
Paolla Oliveira é rainha de bateria da Grande Rio, que homenageará Zeca Pagodinho - Instagram/@paollaoliveirareal/@zecapagodinho/Vítor Melo

Paolla Oliveira está determinada a conquistar o bicampeonato da Grande Rio no Carnaval 2023 do Rio de Janeiro, que tem Zeca Pagodinho como tema enredo. Rainha de bateria da agremiação, ela revelou que tem uma paixão em comum com o sambista homenageado. "Não abro mão", confessou a atriz.

“Meu lado Zeca Pagodinho está em não abrir mão da minha cervejinha! No mais, prefiro mais levar a vida, do que deixar ela me levar”, brincou a atriz em entrevista ao G1.

Apesar da brincadeira, a artista manteve sigilo quanto à sua fantasia para o desfile deste ano. Ela prometeu que seguirá a linha ousada do ano passado, quando veio de Pombagira no enredo que homenageava Exu. “Está muito de acordo com um ponto importante da história do homenageado, acho ela bastante atual”, disse.

MAIS DE DOIS ANOS

Paolla também celebrou ser Rainha de Bateria da Grande Rio pelo terceiro ano seguido. Isso porque as rainhas costumam ficar no posto da agremiação por apenas dois anos.

“Não penso em reinados. A Grande Rio merece ter pessoas que amem o carnaval e fiquem em qualquer posto porque são felizes, se dedicam e desempenham bem suas funções. Gosto disso ter sido revisto. Criar raízes faz parte da tradição do carnaval”, ressaltou.

Esta é a quinta vez que a atriz desfila como rainha pela escola de samba. Ela estreou em 2009 e esteve à frente da bateria também em 2010. Depois de um hiato de dez anos, a artista voltou para o posto em 2020 e não saiu mais.

ESPAÇO, RESPEITO E LIBERDADE

Paolla também comentou sobre a conquista de espaço, respeito e liberdade das mulheres no Carnaval, sem negar que “os estereótipos ainda existem e é sempre complexo se desvencilhar deles".

"Mas há outras coisas emergindo, como mulheres em vários setores de uma escola de samba, blocos femininos e feministas com humor e sátira ao que é historicamente machista e opressor. Temos conversas mais francas sobre corpos e expectativas criadas em torno deles e homens começando a ter contato com seus limites e mulheres se libertando dos que um dia lhe foram impostos”, destacou.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!