AnaMaria
Famosos / TENSO

‘‘Sempre verifico a arma antes da cena’’, diz Alexandre Nero sobre caso de Alec Baldwin

Ator também criticou as fotos em que o presidente Bolsonaro aparece armado

Da Redação Publicado em 23/10/2021, às 08h38 - Atualizado às 08h38

Tiro acidental resultou na morte da diretora Halyna Hutchins - TV Globo
Tiro acidental resultou na morte da diretora Halyna Hutchins - TV Globo

Alexandre Nero utilizou as redes sociais, na última sexta-feira (22), para comentar o tiro disparado pelo ator Alec Baldwin nas gravações do filme ‘Rust’. O brasileiro relatou sua experiência com armas no set e aproveitou para fazer críticas à posse de armas pelo presidente, Jair Bolsonaro(sem partido), na presença de crianças. 

"Mais um trágico acidente envolvendo arma de fogo em cena. Dessa vez com o Alec Baldwin. Sempre verifico a arma antes da cena. Não faço a cena com ela carregada", começou através do Twitter. Segundo o ator, não é incomum que os colegas de trabalho considerem a precaução exagerada. “Sempre tem um fora da cena pra fazer cara de ‘ai que exagero’, ‘é seguro’, ‘não tem problema’… até que… né?”, disse.

O intérprete de Tonico, em ‘Nos Tempos do Imperador’, também respondeu a algumas dúvidas dos fãs através dos comentários. “Balas de festim (em distância segura) são inofensivas. O problema ali é que você nunca sabe bem quando é festim ou um maluco, ou um incompetente trocou por uma de verdade”, respondeu a uma seguidora que não havia entendido a morte da diretora Halyna Hutchins em ‘Rust’. 

E mais um trágico acidente envolvendo arma de fogo em cena. Dessa vez com o Alec Baldwin. Sempre verifico a arma antes da cena. Não faço a cena com ela carregada, mas sempre tem um fora da cena pra fazer cara de “ai que exagero”, “é seguro”, “não tem problema”… até que… né?

— Nero (@alexnero) October 22, 2021

CRÍTICAS

O ator aprofundou o debate sobre armas ao publicar um registro em que Bolsonaro aparece coberto pela bandeira do Brasil e com uma criança em seus ombros. O menino, que aparenta não ter mais do que sete anos, está vestindo uniforme militar e carrega uma arma de fogo potente em uma das mãos. 

"Quando temos cenas com menores de idade (de bebê a 17 anos), por lei, não podemos ter arma em cena, nem de brinquedo. Então, quando temos uma cena escrita com arma, fazemos toda ela com mãos vazias. Curioso que essa lei não valha para presidente e criança em foto, né?", questionou, acrescentando outra imagem da mesma ocasião. 

Outra coisa curiosa: qdo temos cenas com menores de idade ( de bebê a 17 anos), por lei, ñ podemos ter arma em cena, nem de brinquedo. Então, qdo temos uma cena escrita com arma, fazemos toda ela com mãos vazias. curioso que essa lei ñ valha para presidente e criança em foto, né?

— Nero (@alexnero) October 22, 2021