AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Casalzão!

‘’Sermos pais’’, planejam Lissio e Luana após 'Casamento às Cegas'

Casal queridinho de ‘Casamento às Cegas’, da Netflix, conta planos para o futuro

Juliana Ribeiro, repórter de AnaMaria Digital Publicado em 13/12/2021, às 08h40

Lissio e Luana se apaixonaram no reality 'Casamentos às Cegas Brasil', da Netflix - Instagram/ @lissiofiod
Lissio e Luana se apaixonaram no reality 'Casamentos às Cegas Brasil', da Netflix - Instagram/ @lissiofiod

O reality 'Casamentos às Cegas Brasil', da Netflix, mudou completamente a vida de Luana Braga e Lissio Fiod. Apesar de diferentes, os dois tinham algo em comum: sonhavam em encontrar o grande amor. E não é que deu certo?  

O encontro da psicóloga com o empresário aconteceu depois de ambos toparem participar da inusitada experiência da plataforma de streaming, um reality em que homens e mulheres ficam noivos antes mesmo de se conhecerem pessoalmente, apenas por meio de conversas nas cabines. 

O final não foi, digamos, uma surpresa para o público, que apostou na sintonia de Luana e Líssio desde o começo. E acertaram, né? Segundo a baiana, “a voz gostosa e o sotaque” do amado chamou sua atenção de imediato. “Depois, a sua história de vida e seus valores que coincidiram demais com os meus”, completou.

No final, eles realmente se casaram em uma das cerimônias mais emocionantes do programa e continuam juntinhos até hoje. Mas a verdade é que muitos ainda têm curiosidade sobre como os dois estão levando a vida após o fim do reality, que segundo o maranhense, ‘está corrida em dobro’.

“Ser marido da baiana mais famosa e arretada do Brasil não é fácil! Mas estamos muito felizes com tudo de positivo que tem acontecido em nossas vidas”, garante Líssio.

E os planos do casal são diversos: viajar bastante, organizar novos projetos e ainda planejar a cerimônia aqui fora com amigos e família. "Depois, sermos pais”, completa Luana, revelando que os dois pretendem, sim, aumentar a família no futuro. 

AnaMaria Digital bateu um papo exclusivo com o casal queridinho do público,  que abriu o jogo sobre a experiência no reality, a vida a dois e o carinho dos fãs. Para se ter ideia, Lissio já acumula atualmente mais de 600 mil seguidores no Instagram, enquanto Luana soma quase um milhão na mesma rede social. Sucesso que fala, né?

Confira a entrevista na íntegra! 

O que os motivou a aceitarem o convite para participar do 'Casamento às Cegas'?

Luana: Busca por novidades em meio a pandemia e por sentir que já era hora de me permitir viver algo intenso e diferente.
Lissio: Eu sempre fui um cara que gosta de viver as experiências que a vida oferece. Quando chegou a oportunidade de viver essa experiência, pensei… porque não? Algo completamente fora do comum e que poderia trazer um resultado muito positivo pra minha vida. E trouxe!

Busca por novidades e novas experiências foi o que motivou Luana e Lissio a participarem do reality Foto: Divulgação/ Netflix

Em algum momento vocês ficaram com receio da exposição ou isso não era uma preocupação?

Luana: Antes de entrar no programa, senti um pouco de receio por ser psicóloga, mas trabalhei isso em mim e, quando botei os pés lá dentro, eu só quis viver com toda a minha verdade e esquecer qualquer preocupação.
Lissio: Não pensava muito nisso. Não tinha muita noção do que poderia vir a ser o tamanho da exposição do reality e tentei não criar muitas expectativas.

O que chamou a atenção um do outro e que os diferenciou dos demais, na primeira conversa que tiveram na cabine?

Luana: Primeiro, a voz gostosa e o sotaque. Depois a sua história de vida e seus valores que coincidiram demais com os meus.
Lissio: Sem dúvida, o nível de consciência da vida. Pra mim, casamento é algo MUITO importante. É o começo de uma família que vai aumentar a minha família - e minha família é tudo pra mim. Então, eu estava ali para mapear alguns pilares fundamentais para um relacionamento. A Luana, de cara, se parece muito comigo nesse aspecto de saber bem o que quer e o que não quer. Uma mulher muito consciente da vida, num contexto geral.

Vocês acreditavam que realmente era possível se apaixonar desta forma, antes mesmo da troca de olhares?

Luana: Eu não duvidava que isso seria possível, uma vez que as relações da atualidade vêm sendo construídas de uma forma bem diferente do passado. Muitas pessoas começam o relacionamento pelas redes sociais para depois se verem pessoalmente.
Lissio: Sinceramente, eu duvidava. Mas me permiti viver a fundo a experiência, sem pré- julgamentos. Mas confesso que, quando me peguei apaixonado, pensei: "e não é que aconteceu mesmo!".

Vocês tiveram dúvidas em algum momento sobre o 'sim' ou já era uma certeza? 

Luana: Tive dúvidas quando o meu senso crítico batia forte. Tivemos um tempo suficiente para nos casarmos e para o mundo inteiro assistir? Não. Aí a dúvida batia. Cinco minutos depois, passava.
Lissio: Do primeiro dia em que chamei a Luana de ‘minha mulher’ ainda nas cabines, sequer passava pela minha cabeça dizer não. E, graças a Deus, assim mantive e mantenho até hoje.

Luana e Lissio se casaram em uma das cerimônias mais esperadas pelo público do realityFoto: Divulgação/ Netflix

Como foi ter que esconder que estavam juntinhos durante todo esse tempo?

Luana: Chato. Confesso que a pandemia ajudou bastante. Ficamos mais em casa, em família e raramente saíamos. 
Lissio: Nossa, foi realmente um pouco chato e desafiador. Como que eu explicava para os meus amigos que eu estava "namorando" mas nunca a apresentava, não postava fotos juntos e, muitas vezes, até omitia o nome da Luana para eles? Teve um lado bom nisso tudo, que foi perceber que não precisávamos postar nada pra viver momentos maravilhosos um ao lado do outro. Sabe aquele ‘relacionamento de Instagram’? Vivemos o oposto disso e foi ótimo!

Quais participantes fazem parte do círculo de amizades de vocês hoje? 

Luana: A Nanda e o Mack, principalmente. A Day é mais amiga minha do que do Lissio, mas temos amizade com a galera quase toda.
Lissio: Os mais próximos são Mack e Nanda, mas estamos sempre em contato com a grande maioria do casting.

Nanda Terra, Day Feitosa e Luana Braga seguiram amigas após o 'Casamento às Cegas' Foto: Instagram/ @nandaterrafortes

Como está a vida pós-Casamento às Cegas?

Luana: Estamos tentando nos organizar com horários e apartamento, além de planos com trabalhos e viagens. A pressão por parte do público em relação ao nosso casamento é grande. Mas estamos indo direitinho!
Lissio: Está corrida em dobro! Dar conta das empresas antigas, dos novos projetos pós-reality, apartamento novo em São Paulo e ser marido da baiana mais famosa e arretada do Brasil não é fácil! Sem falar de viver na estrada no bate-volta entre Indaiatuba e São Paulo [cidades distantes 470 quilômetros uma da outra]. Mas estamos muito felizes com tudo de positivo que tem acontecido em nossas vidas.

E como foi para vocês se depararem com todo esse carinho dos fãs?

Luana: Incrível e indescritível. Um carinho tão grande que, às vezes, eu me pergunto se é real mesmo. Sinto que minha família realmente cresceu.
Lissio: Sem dúvida esse foi o maior presente que ganhamos! A gente realmente não esperava por tanto e ficamos muito emocionados. Sentimos a todo tempo o carinho especial dos fãs e somos muito, muito gratos.

Vocês topariam participar de algum outro reality?

Luana: Não sei. Estou satisfeita com esse e curtindo o momento.
Lissio: Difícil dizer. Acho que depende muito de que tipo de reality seria. É algo que nem estamos pensando sobre. 

E quais são os planos do casal para o futuro?
Luana: Ter nosso apartamento em São Paulo, viajar muito e, depois, sermos pais.
Lissio: Terminar de ajeitar nosso cantinho, viajar muito, organizar os novos projetos, planejar a cerimônia aqui fora, com a família e amigos, e continuar sendo felizes.

Uma nova cerimônia e aumentar a família faz parte dos planos do casal Foto: Instagram/ @lissiofiod

Hoje, vocês diriam que o amor é realmente cego?

Luana: O amor é cego, mas escuta. Na cabine não enxergávamos a pessoa, mas ouvíamos. Ouvir é uma ferramenta de seleção, assim como a visão. Como o contexto se resumia em ouvir, você acaba valorizando mais a pessoa pelo que ela fala. Então, o amor pode ser cego ou não, isso depende do ponto de vista.
Lissio: O amor não é cego! Ele simplesmente não precisa de olhos para enxergar. O amor é pra sentir, e a gente sente também com ouvidos, tato, cheiro, gosto... Sente até pela energia! 

Muitas pessoas sonham em viver um amor e, de certa forma, vocês fizeram muita gente acreditar que é possível, sim! Que conselho dariam para aqueles que sonham em encontrar o parceiro (a) ideal?

Luana: Começar a desconstruir essa ideia de buscar alguém IDEAL. O ideal nunca será o REAL. O ideal está na subjetividade, nas expectativas que criamos do outro, e que depois nos decepcionamos quando percebemos que não existe. Primeiro passo é buscar o autoconhecimento. Quando você se conhece bem, você vai perceber mais claramente o tipo de pessoa que você precisa (real), não o tipo de pessoa que você gosta (ideal).
Lissio: Meu conselho é focar em si primeiro. Buscar o autoconhecimento e desenvolvimento. Somente depois que entendemos que não precisamos de outra pessoa para suprir nossas necessidades é que estamos aptos para se permitir viver um relacionamento saudável. Sempre tendo a consciência que o mundo perfeito não existe.

Agora vocês estão famosos... pensam em investir na carreira artística ou não existe essa possibilidade?

Luana: Penso, sim. Sempre estive envolvida com a arte, desde criança. Mas quero unir isso ao meu propósito de vida. Projetos sociais, serviço de saúde mental para todos, levar um bem estar biopsicossocial/ espiritual/ ecológico. Acredito que os recursos que o meio artístico pode me oferecer vão me ajudar bastante com esse meu objetivo.
Lissio: Estamos de olhos abertos para todas as possibilidades e, inclusive, estudando muito e fazendo alguns trabalhos de publicidade. Não descartamos nenhuma possibilidade.