AnaMaria
Famosos / Críticas

Zelia Duncan faz comparação entre o governo Bolsonaro e nazismo: ''Matam mais de 600 mil''

Cantora Zelia Duncan comparou gestão de Bolsonaro ao nazismo e disparou críticas ao presidente

Da redação Publicado em 17/02/2022, às 08h17

Zelia Duncan compara governo Bolsonaro ao nazismo - Instagram/@zeliaduncan/@jairmessiasbolsonaro
Zelia Duncan compara governo Bolsonaro ao nazismo - Instagram/@zeliaduncan/@jairmessiasbolsonaro

Zelia Duncanjá manifestou que é contra Jair Bolsonaro (PL) e está sempre criticando o atual presidente. Não foi diferente na última quarta-feira (16), quando ela usou o Twitter para comparar o atual governo do país com o nazismo. 

"Matam mais de 600.000, mas não querem ser chamados de genocidas, gostariam de matar mais 600.000, mas não querem ser chamados de nazistas. É uma gente muito fofa mesmo", escreveu ela, em referência às vítimas da covid-19. 

As críticas de Zelia não pararam por aí. Isso porque ela também ironizou a ida de Bolsonaro à Rússia. A cantora debochou de fake news que diziam que o brasileiro tinha colocado fim aos atritos entre Rússia, Ucrânia e Estados Unidos. 

"Tá vendo, pessoal, Bolsonaro foi lá e evitou uma guerra na Rússia. Ele não quer a morte de todo mundo, só dos brasileiros mesmo”, debochou a artista. A publicação foi apagada. 

ENCONTRO

Nesta semana, Jair Bolsonaro desembarcou na Rússia para um encontro com Vladmir Putin. Os dois se reuniram na última quarta-feira (16) para uma conversa, seguida de uma declaração conjunta e um almoço. 

Entre os principais assuntos a serem tratados na viagem, está a compra de fertilizantes russos por parte do Brasil, além de temas como energia, defesa e agricultura. Também devem ser discutidas as relações político-econômicas e comerciais entre as duas nações, que são integrantes do Brics. 

O presidente brasileiro permanece na capital russa até esta quinta-feira (17), quando embarcará para a Budapeste, na Hungria, onde se encontrará com o primeiro-ministro do país, Viktor Orbán.