AnaMaria
Famosos / RACISMO

Zezé Motta relembra ataques racistas ao formar casal com Marcos Paulo: ‘‘Não era aceito’’

Atores viveram um par interracial na trama de ‘Corpo a Corpo’ (1984)

Da Redação Publicado em 29/10/2021, às 11h24 - Atualizado às 11h25

Novela de 1984 foi escrita por Gilberto Braga - TV Globo
Novela de 1984 foi escrita por Gilberto Braga - TV Globo

Zezé Motta comentou sobre os ataques de racismo que enfrentou na época da novela ‘Corpo a Corpo’ ao prestar uma homenagem ao autor Gilberto Braga, na última quinta-feira (28). Isso porque a atriz formava par romântico com o ator Marcos Paulo e o casal multiracial não foi bem aceito pelo público na época. 

“Em 1984 Gilberto Braga trouxe em horário nobre a história de um amor multirracial. Sônia (Zezé Motta) e Cláudio (Marcos Paulo). O racismo foi discutido, falado e mais que comprovado. A ideia de Gilberto era exatamente essa! Adivinhem só, o casal não foi aceito pelo público”, começou através do Instagram.

Um dos episódios relatados por Zezé foi quando o colega ouviu que “deveria estar sem dinheiro para aceitar beijar uma negra (Zezé) na trama”. Além disso, não era incomum a chegada de “recados mal-educados” na secretária eletrônica do ator. 

Na sequência, ela completou: “Não parou por aí... Na trama, a família do Cláudio era contra a Sônia. Principalmente o pai dele, que era interpretado pelo Hugo Carvana, e era uma coisa assim sem pudor. Quando Cláudio perguntava ao pai o que ele tinha contra, o pai dizia: 'Não gosto, não quero que você se case com ela porque ela é negra. Não quero netos mulatinhos'”.

A publicação foi ilustrada com diversos registro da novela de Gilberto Braga, ao que Zezé Motta escreveu ao final: “Um #tbt de ‘Corpo a Corpo’. Uma homenagem para Gilberto Braga”.