AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Série da 'Turma da Mônica' estreia no Globoplay com mesmo elenco de filmes

No entanto, ‘Turma da Mônica’ perdeu o filme que encerraria sua trilogia

Da Redação Publicado em 21/07/2022, às 17h13

'Turma da Mônica - A Série' chegou ao Globoplay nesta quinta-feira (21) - Instagram/@giuliabenite
'Turma da Mônica - A Série' chegou ao Globoplay nesta quinta-feira (21) - Instagram/@giuliabenite

"Turma da Mônica - A Série" estreou nesta quinta-feira (21) no Globoplay e mantém o elenco original dos filmes da turminha 'Laços' e 'Lições'.

No entanto, o último filme a compor a trilogia, ‘Lembranças’, foi cancelado e substituído pela série. Tanto porque a novela gráfica de mesmo nome já foi, em partes, usada em 'Lições', quanto porque o elenco cresceu demais e não se encaixa mais na linguagem infantil.

Apesar da série ser lançada pouco tempo depois da estreia do último filme da turminha, o lapso temporal na história será muito maior, e os personagem - que já não são crianças - têm que passar por uma nova fase cheia de desafios.

"Com certeza, a gente explora temas que nos aproximam do público mais adolescente", disse Giulia Benite, que vive Mônica, em entrevista ao g1.

Na história, duas personagens conhecidas dos quadrinhos chegam às telas: Denise e Carminha Frufru. A última acaba de se mudar para o bairro do Limoeiro e tentará fazer de tudo para separar os quatro amigos protagonistas.

Tudo começa quando, em uma festa na mansão dela, Carminha leva um balde de lama na cabeça. Com isso, Denie, a maior fofoqueira do bairro, começa uma investigação para saber quem é o culpado - apesar de todos acharem que foi Mônica.

Os oito episódios que compõem a série abordam as desavenças entre as meninas do grupo, a busca da antagonista pela aparência perfeita e o desenvolvimento de novas paixões.

A série, assim como os dois filmes anteriores, foi dirigida por Daniel Rezende e contou com a volta de Giulia Benite como Mônica, Kevin Vechiatto como Cebolinha, Gabriel Moreira como Cascão, e Laura Rauseo como Magali.

NOS QUADRINHOS

A web foi à loucura após os comentários homofóbicos do jogador de vôlei Maurício Sousa, mas, felizmente, um famoso, de nome parecido, contou uma novidade que deixou o coração dos internautas um pouco mais quentinho. Acontece que o cartunista Maurício de Sousa anunciou que está estudando a criação do primeiro personagem LGBTQIA+ para integrar a nossa queridíssima 'Turma da Mônica'.

Em conversa com a BBC Brasil, o autor, de 86 anos, falou orgulhosamente sobre um dos seus filhos, o Mauro de Sousa, que é homossexual. Para a surpresa dos fãs da família, o jovem será a principal inspiração para a criação do novo personagem. 

“Estamos discutindo com os roteiristas, com o Mauro, com o pessoal próximo da gente aí para que haja um personagem positivo. Em todos os sentidos”, disse Maurício.

Em seguida, o famoso explicou um pouco sobre como funciona o processo de criação de um novo integrante para as histórias em quadrinho. Segundo ele, é necessário bastante estudo para não cometer nenhum tipo de erro, já que a 'Turma da Mônica' tem muita influência e responsabilidade. O autor ainda comentou sobre as futuras críticas que ele poderá receber, ainda mais pelo fato de que as crianças da Turma não são sexualizadas.

Ao concluir a entrevista, Maurício retomou a importância que os seus quadrinhos têm na alfabetização das pessoas. Ele afirmou que tem desejo de continuar incentivando a cultura e a educação no Brasil. Já deu para a imaginar a importância de um personagem homossexual, né?

“Temos de brigar pela educação adequada, correta, com objetivo, com foco e tudo o mais. Eu quero ajudar, colaborar. Dar a força que temos de comunicação. Eu quero dar as mãos para a educação formal, para que a gente possa ajudar também nisso”, concluiu o escritor.

{# Taboola Newsroom #}