AnaMaria
BBB / MEU DEUS

‘BBB22’: Eliezer impressiona colegas com experiência sexual bizarra: “Gritei socorro!”

Eliezer relembrou episódio envolvendo um casal poliamor e uma cinta peniana

Da Redação Publicado em 20/01/2022, às 11h06

Assunto veio à tona nesta quinta-feira (20) no ‘BBB22’ - Instagram/@eusouoeli
Assunto veio à tona nesta quinta-feira (20) no ‘BBB22’ - Instagram/@eusouoeli

Eliezer deixou os colegas de queixo caído ao contar uma experiência sexual bizarra que viveu antes de entrar no ‘BBB22’. O empresário relembrou a vez que marcou um encontro com uma mulher que conheceu através de um aplicativo e, ao chegar lá, deu de cara com um casal. No entanto, a história ficou ainda mais curiosa diante das exigências do namorado da moça.

Segundo Eliezer, na madrugada desta quinta-feira (20), o encontro foi marcado no mesmo dia que os dois deram ‘match’. A mulher era tão bonita que ele não pensou duas vezes e nem chegou a ler a descrição do seu perfil, que dizia se tratar de um casal poliamor.

“Pensei ‘o que estou fazendo aqui’? Aí ela disse: ‘A gente chama as pessoas aqui pra fazer amizade’. E eu falei: ‘Mas são três da manhã! Vocês fazem amizade às três da manhã?!’ Aí o cara falou: ‘Aqui a gente é poliamor'”, contou o carioca.

O namorado deu o consentimento para que Eli fizesse sexo com a mulher - contanto que os dois seguissem as suas coordenadas. “Ele dava ordem para a mina dele fazer coisas comigo. ‘Faz isso, aumenta, diminui, troca de posição’”, disse.

Tudo ficou mais estranho quando o rapaz pediu para que Eliezer tirasse o preservativo. Desconfortável, o brother recusou e afirmou que iria embora. O que ele não esperava é que os dois começassem a fazer sexo um com o outro, ignorando sua presença no quarto.

Nesse momento, a moça surgiu com uma cinta peniana para utilizar com o namorado. “Eu estava no sofá sem roupa, a menina levanta, lentamente coloca uma cinta nela, ele vira e ela começa nele, PÁ. Eu no sofá pensei assim ‘vou ser o próximo’”.

DESFECHO TRÁGICO

“Já comecei a pegar minha roupa, coloquei minha bermuda, nem a blusa coloquei e fui em direção a porta. Deixei ela ‘comendo’ ele. Quando fui abrir a porta, cadê a chave? Tiraram. Pensei ‘meu Deus, é isso, eles me drogaram e vão me comer’. Comecei a ficar nervoso, fiquei com medo”, relembrou ele.

Eliezer decidiu gritar por socorro para que conseguisse sair do apartamento. Ele explicou: “Eu perguntava onde estava a chave e eles não me respondiam, aí falei ‘eu vou gritar’. Coloquei a boca na porta e gritei ‘eu preciso de ajuda!’ Aí na hora eles pararam”.

Como se a história não tivesse sido bizarra o suficiente, o empresário revelou o ‘desfecho trágico’ do encontro. “Nesse momento que eu grito, sabe o que acontece? Vem uma menininha, que deveria ser filha dele, entra na sala e vê aquela cena”, contou.

Por fim, completou: “Eles me levaram pra um apartamento com uma criança! Tem noção? Na hora do meu grito, acho que ela acordou, foi pra sala e pegou aquela cena. Aí a mulher correu pra levar a criança para dentro e o cara tirou a chave da porta de dentro da calça dele e me deu”, deixando os colegas pra lá de impressionados.