AnaMaria

A vida com outros olhos

Conheça a técnica alternativa que promete melhorar uma série de problemas na visão, como miopia, catarata e glaucoma

Júlia Arbex Publicado em 19/03/2018, às 17h46 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

A vida com outros olhos - iStock
A vida com outros olhos - iStock

Você acreditaria se alguém dissesse que é possível enxergar melhor sem depender de cirurgia e até mesmo de óculos? Segundo Tatiana Gebrael, terapeuta ocupacional e especialista em melhora natural da visão pela School for Self Healing (EUA), isso é possível, sim. A autora do livro Abra Seus Olhos (Buzz Editora, R$ 39,90) faz parte de um grupo de especialistas que adotam o método Self Healing (que quer dizer autocuidado), criado pelo ucraniano Meir Schneider, que aprimorou a técnica após se recuperar de uma cegueira. Hoje, mais de 7 milhões de pessoas no mundo são adeptas do método.

De olho nas emoções

Pouca gente sabe, mas numa situação de estresse, raiva ou ódio, nosso olho é afetado. Tudo isso só reforça um sentimento que cega, pois nessas ocasiões nosso organismo ativa uma série de substâncias que nos fazem preparar o corpo para um tipo de luta: a frequência cardíaca aumenta, a adrenalina acelera e nossas pupilas dilatam. Quando isso acontece, a visão fica mais embaçada e perde o foco. A seguir, confira algumas emoções, pensamentos e hábitos relacionados com problemas de visão. Quem sabe algo não muda em você?

Miopia

Quem é míope tem dificuldade de enxergar longe. Muitos desenvolvem no período do vestibular ou do primeiro emprego, porque não sabem
o que virá no futuro. Se você é míope, já parou para pensar por que os óculos trazem tanta segurança? Pesquisas provam que a maioria se sente mais confiante usando óculos, além de ser mais racional, regrado e introspectivo. 

Exercício: tente não colocar os óculos assim que acordar. Vá para a janela de sua casa e simplesmente olhe o mais longe que puder. Viu borrões? Curta os borrões. Não tenha raiva de não enxergar. Tenha paciência.

Hipermetropia

Pessoas com esse problema tem uma visão difícil para perto. Então é comum só pensarem no futuro – elas procuram ver o que está
lá longe... Geralmente, são pessoas que têm a personalidade de estar um passo à frente e isso pode ser um sistema de escape
para fugir das obrigações do presente. Estudos mostram que os hipermetropes usam com mais frequência o lado direito do cérebro e, por isso, são voltados às artes. 

Exercício: tente colocar um pouco mais de rotina no seu dia a dia e faça atividades que têm regras definidas, sem deixar tudo solto.

Catarata

Muitas vezes, pessoas com catarata não querem se desapegar de uma realidade ou enxergá-la. O problema tem a ver também com situações
que pegam de surpresa. 

Exercício: para quebrar padrões mentais, faça uma análise do que tem acontecido na sua vida. Perdeu emprego recentemente? Teve que
mudar de cidade? Sofreu uma desilusão amorosa? O que tem na sua vida que você não quer enxergar?

Glaucoma

Quem sofre com a pressão interna dos olhos geralmente coloca muita pressão em si mesmo. O glaucoma tem a ver também com o conflito de que tudo precisa ser examinado minuciosamente. São pessoas tensas e com o pescoço duro.

Exercícios: massagem e exercícios físicos, como pedalar, dançar e nadar, são muito eficazes porque além de aumentar a circulação do corpo, causam uma sensação de liberdade. Escolha algo que te dê prazer!

Astigmatismo

A córnea é uma parte do olho extremamente flexível. O problema então aparece em pessoas que não são flexíveis, que ficam irritadas com qualquer coisa.

Exercícios: trabalhe sua flexibilidade. Movimente seus olhos e seu corpo. Coloque uma música que te alegre e dance de forma livre. E aprenda a dar risada de você mesma!

6 alimentos poderosos

Ovo: a gema do ovo possui luteína, substância que tem propriedade antioxidante, o que ajuda a neutralizar a ação dos radicais livres responsáveis pelo envelhecimento celular. Vegetais escuros: alimentos como espinafre e couve também possuem luteína, além de vitaminas A e K, ótimas para o fígado. Segundo a medicina chinesa, o fígado está ligado diretamente à saúde dos olhos.

Mirtilo: possui diversas vitaminas, sais minerais e propriedade antioxidante, reduzindo a ação dos radicais livres.

Cenoura: contém carotenoides e vitamina A, substâncias que ajudam na visão noturna.

Peixes: ricos em ômegas, que são ótimos para regular a produção de lágrimas.

Água de coco: possui 47% de ácido hialurônico, substância gelatinosa que compõe nosso olho, melhorando a visão. Mas é preciso utilizar o coco mesmo, nada do produto industrializado, viu?