AnaMaria

Automassagem para desinchar

Um ritual de amor-próprio que leva embora a desagradável sensação de inchaço causada pelo excesso de líquidos e de toxinas no corpo

AnaMaria Digital Publicado em 18/05/2018, às 10h42 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Toques que fazem fluir a água no organismo - iStock
Toques que fazem fluir a água no organismo - iStock

Ninguém gosta de sentir o corpo inflar devido à retenção de água causada por dietas ricas em sal, problemas circulatórios ou pelo uso de roupas apertadas. Esse incômodo, porém, pode ser minimizado por vias alternativas.

Uma delas é a autodrenagem, massagem que segue o trajeto dos vasos linfáticos, ativando o funcionamento desse sistema responsável pela eliminação de toxinas do corpo. É comum sentir vontade de urinar com mais frequência após a sessão, pois o método estimula a atividade dos rins. Logo, o excesso de água acaba sendo eliminado naturalmente. 

Veja também:
A hidratação de banana: cabelo maravilhoso
Para ter pernas dignas de Ivete Sangalo
Dê um chega pra lá no estresse

Antes de aplicar a autodrenagem, pressione gentilmente os gânglios localizados no pescoço, axilas, cotovelos, virilhas e joelhos por cerca de 15 segundos. 

Na barriga
Para trabalhar a região do abdômen, fique de pé e coloque as mãos na cintura, pressionando a pele. Finja que está espremendo a barriga em semicírculos, para baixo e em direção à virilha. Repita cinco vezes. Depois, com os três dedos do meio, pressione logo acima do umbigo em lentos movimentos espirais. Repita cinco vezes. 

Nas pernas
Ainda na posição vertical, com os pés apoiados em um banco, deslize os dedos fazendo pressão dos tornozelos aos joelhos e, depois, dos joelhos às virilhas, alternadamente. Repita dez vezes em cada perna. 

A autodrenagem pode ser feita uma vez por semana.