AnaMaria
Bem-estar e Saúde / Erro médico

Miss russa não consegue mais fechar os olhos após procedimento estético

Modelo russa gastou mais de R$ 17 mil em cirurgia que pode ter acabado com sua carreira e saúde

Da Redação Publicado em 23/02/2022, às 13h11

Miss russa não consegue fechar os olhos após procedimento cirúrgico. - Daily Mail
Miss russa não consegue fechar os olhos após procedimento cirúrgico. - Daily Mail

A miss russa Yulia Tarasevich pagou R$ 17 mil por procedimentos cirúrgicos para reparar algumas imperfeições relacionadas à idade, mas acabou tendo complicações graves e agora simplesmente não consegue mais fechar os olhos e nem sorrir de forma naturalmente.

Tarasevich, hoje com 43 anos, alega ter gasto esse dinheiro para fazer um procedimento conhecido como ‘blefaroplastia’, que é uma cirurgia para levantar as pálpebras e melhorar um pouco a sua aparência. No entanto, ela ficou com sequelas graves na face, comprometendo sua saúde e carreira.

Entre os erros cometido, a modelo alega que a mais complexa é o fato de não conseguir mais fechar os olhos como antes. Porém outra dificuldade que ela está tendo é de “sorrir de forma natural”. “Perdi a minha saúde", desabafou ela em uma entrevista ao tabloide britânico Daily Mail

Yulia, que também é vice-campeã do concurso de beleza Mrs Russia International de 2019, além de vencedora de diversos outros prêmios em concursos de beleza, agora vê sua carreira em risco depois que se submeteu aos procedimentos cirúrgicos que desconfiguraram seu rosto.

Agora, a miss está tentando, por meio de  processos judiciais, responsabilizar os médicos pela intervenção cirúrgica que não deu certo. Além de fazer a blefaroplastia, ela também fez uma mini lipoaspiração e um lifting facial. A modelo no entanto afirmou que já desembolsado a quantia de R$ 110 mil para tentar reverter os erros da negligência médica. 

SUPOSTA CONDIÇÃO GENÉTICA RARA

Os cirurgiões responsáveis pelo procedimento, que culminou na face desfigurada da modelo, tentam explicar o ocorrido e afirmam que “as sequelas ocorridas na face da miss, foram devido a uma condição genética rara de Tarasevich”. 

A modelo, no entanto, alega já “ter realizado diversas outras cirurgias estéticas e que todas correram bem”, ressaltando ainda que pretende continuar com o processo contra os médicos.