AnaMaria
Bem-estar e Saúde / Qualidade de vida

No Dia Mundial da Saúde, nutróloga alerta sobre a importância de cuidar do bem-estar

Especialista Fernanda Cortez compartilhou algumas dicas para para melhorar a saúde ao longo do tempo

Da redação Publicado em 07/04/2022, às 16h15

Confira como cuidar melhor da saúde - Unsplash
Confira como cuidar melhor da saúde - Unsplash

Em meio a correria do dia a dia, trabalho, tarefas, cuidar da casa, entre outras obrigações, você já parou para se perguntar como anda a sua saúde? O Dia Mundial da Saúde, celebrado nessa quinta-feira (7), serve para alertar a população sobre essa premissa e promover a conscientização das necessidades relacionadas à qualidade de vida.

Não ter uma doença grave diagnosticada não quer dizer que você é 100% saudável. Transtornos, desregulações, entre outros incômodos podem vir a atrapalhar a sua rotina. Por isso, a importância de fazer um check-up completo com a frequência correta.

A nutróloga Fernanda Cortez, que também é especialista em endocrinologia pela Harvard Medical School, compartilhou algumas dicas. “Primeiro, é super importante fazer uma bateria de exames. Um mapeamento do organismo através de exames de sangue, para medir os níveis de todos os hormônios, como o da serotonina que é o da felicidade, o cortisol que é o do estresse, entre outros.", afirma.

Ela explica ainda que Um mapeamento alimentar é importante para saber como o corpo reage a cada alimento, além de exames genéticos para saber se a pessoa tem tendência a alguma doença.

Em muitos casos, o individuo pode apresentar uma carência de vitaminas, minerais ou aminoácidos, ou qualquer outro ativo que o corpo necessita.

“É comum, através dos exames, identificarmos porque a pessoa está com um sono ruim, dormindo mal, com estresse ou ansiedade muito aflorados, com alguma compulsão alimentar, falta de atenção, entre muitas outras complicações que a pessoa vai levando sem saber o real motivo”, diz.

O estresse, por exemplo, não nos prejudica apenas nos deixando mais irritados, ele também pode afetar nosso organismo, provocando uma desregulação, não exercendo todas as funções corretamente.

Em relação a isso a Fernanda explica: “Quando o estresse é detectado pelo nosso corpo, primeiro começa com uma tensão muscular e um estado de alerta maior, em função da adrenalina liberada no organismo pelas glândulas suprarrenais. Depois, surge a sensação de cansaço, apesar de a noite de sono ter sido boa, além de pequenos esquecimentos. E quando percebemos tomou conta do nosso organismo. O estresse pode prejudicar gravemente a saúde e manifesta-se gradualmente, entre os sintomas que ele pode gerar estão gastrite, oscilação da pressão arterial, alteração da glicemia, queda de cabelo, entre outros, por isso, é preciso ter atenção!", afirmou.

MAIS BEM-ESTAR

Uma das maneiras de reverter cenários como este é a Soroterapia, uma técnica que tem como objetivo suplementar vitaminas, minerais, antioxidantes e aminoácidos por meio de aplicação direta na veia. A técnica é capaz de elevar a imunidade, proporcionando bem-estar e melhora do cansaço físico

“É indicado também para pessoas que querem dar um ‘up’ através de um tratamento mais rápido, seja para pele, cabelo, insônia e até ansiedade. Diferente do que ocorre na medicação via oral, quando é injeta diretamente na corrente sanguínea, não há perdas no processo digestivo, ou seja, mesmo com doses menores, é possível obter um desempenho adequado”, afirma.

UMA ROTINA SAUDÁVEL

Estar com a saúde em dia é fundamental para uma vida com mais qualidade, ainda que estudos, trabalho e relações pessoais possam causar estresses.

"É importante cuidar de si, não só com acompanhamento médico frequente, mas também com exercícios físicos em dia. Eles aumentam a liberação de endorfina, um importante hormônio que combate o estresse. É essencial manter ainda uma alimentação saudável, reservar mais tempo para fazer o que gosta, divertir-se, passear, ler um bom livro. Pequenos momentos prazerosos tornam a vida mais leve!”, conclui a especialista.