Trabalhar sentada causa varizes? Estes exercícios te ajudam a evitar o problema

Nossa colunista, Bianca Vilela, explica como prevenir as varizes com medidas simples

Bianca Vilela Publicado quinta 3 dezembro, 2020

 Nossa colunista, Bianca Vilela, explica como prevenir as varizes com medidas simples
Alguns exercícios podem ajudar a evitar as varizes - Arquivo Pessoal

Você sabia que é preciso tomar um cuidado extra com a saúde caso você execute algum trabalho em que seja preciso passar a maior parte do tempo sentado? Os problemas relacionados à saúde aumentaram exponencialmente nesta pandemia, e isso não somente devido ao novo coronavírus. A migração do trabalho para casa fez com que muitas pessoas tivessem suas rotinas alteradas, deixando de lado os exercícios físicos e passando a se alimentar de uma forma, digamos, não balanceada. 

Mas isso já não acontecia antes? Sim, e eram problemas que já chamavam a atenção de algumas empresa, que procuravam promover mais saúde e uma maior qualidade de vida no ambiente de trabalho. Com o home office, porém, tudo mudou. Vejo muita gente por aí trabalhando até mais tarde, prolongando a jornada e passando horas e horas em frente ao computador.

Permanecer sentado por muito tempo é prejudicial para a circulação sanguínea, o que aumenta o risco do surgimento das tão temidas varizes. E o motivo é bem simples: pecamos pelo excesso! Nosso sangue acaba ficando acumulado nos membros inferiores, o que atrapalha a fluidez do fluxo sanguíneo. As varizes se formam nas pernas e boa parte do sangue acaba não chegando ao coração por elas serem veias dilatadas, tortuosas e alongadas. 

EXISTEM SINTOMAS?
Sim! Embora muitas pessoas não sintam nada, ainda sim é comum que haja aquela sensação de “peso” nas pernas, inchaço na região do tornozelo, cãibras, além do evidente incômodo estético. E atenção aos fatores de risco: obesidade, tabagismo, idade (acima de 50 anos) e histórico familiar são indicadores de que há mais chances do surgimento das varizes

Permanecer sentado por muito tempo é prejudicial para a circulação sanguínea Foto: arquivo pessoal

E existem medidas preventivas? Sim! A regra é simples: não podemos ficar mais do que oito horas sentados por dia. Já ouviu aquela frase “sentar é o novo cigarro”? Pois aqui é justamente o caso: os danos que a permanência na mesma posição podem nos causar seguem a mesma lógica do tabagismo. A longo prazo, tornam-se extremamente prejudiciais ao nosso organismo. 

Mas suponhamos que você não esteja nesse grupo de “viciados em trabalho”, faça seus exercícios físicos e se alimente bem: como driblar e prevenir esse problema? Tenho uma solução muito simples: para cada hora trabalhada, procure passar 54 minutos sentado e 6 minutos em pé. Levante-se, movimente o corpo a cada hora. E sempre que lembrar, estique as pernas, são pequenas atitudes que evitarão, futuramente, problemas mais sérios!

Medidas simples, como esticar as pernas, podem evitar problemas mais sérios Foto: arquivo pessoal

Além disso, mantenha seu peso em dia e procure praticar alguma atividade física! E, claro, não deixe de realizar o check-up vascular. Prevenção é tudo, né minha gente?

Também não deixe de conferir nosso vídeo no Instagram e no Facebook da AnaMaria. Lá, vou te ensinar exercícios para prevenir e até resolver o problema!

BIANCA VILELA é mestre em fisiologia do exercício pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), palestrante e produtora de conteúdo. Desenvolve programas de saúde in company em grandes empresas por todo o país há mais de 15 anos. Na AnaMaria fala sobre saúde no trabalho, produtividade e mudança de hábitos. Instagram: @biancavilelaoficial

Último acesso: 18 Apr 2021 - 08:51:24 (1132398).