Coronavírus: cortar a barba pode evitar a transmissão do vírus?

Confira as orientações para evitar a disseminação do coronavírus pela barba

Ana Caroline Mota Publicado quinta 26 março, 2020

Confira as orientações para evitar a disseminação do coronavírus pela barba
Kaká Diniz, Tirullipa e Marcos, da dupla com Belutti, rasparam a barba para evitar o novo coronavírus - Instagram

Evitar a disseminação do novo coronavírus se tornou o assunto do momento. E não foi diferente no último final de semana, quando alguns famosos aderiram a uma campanha para raspar a barba.  

A iniciativa começou quando o humorista Tirullipa e o cantor Marcos, da dupla com Belutti, foram desafiados por Kaká Diniz, esposo de Simone, a aparar os pelos do rosto. 

“Tem quase dois anos que não tiro a barba, mas é por um bem maior. Temos que fazer de tudo para evitar essa contaminação”, revelou o empresário.

O movimento se estendeu à até mesmo aos jogadores da seleção brasileira de vôlei. Wallace, Bruninho e Lucão foram apenas alguns atletas que aderiram ao desafio 'de cara limpa'. 

TEM O SEU PAPEL!

Mas a dúvida que fica é: raspar a barba pode de fato evitar a contaminação pelo coronavírus? De acordo com o infectologista Daniel Kakitani, que é professor da Escola de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), a resposta é sim. 

Em entrevista para AnaMaria Digital, ele afirma que os pelos da barba podem segurar e reter secreções contaminadas, ou seja, que contém o vírus, que pode ser tanto da própria pessoa como de outras com quem ele teve contato.

"Como a transmissão se dá pela ingestão ou contato de mucosas com gotículas de saliva e demais secreções de pessoas infectadas, isso pode propiciar a transmissão", disse.

Com isso, raspar a barba acaba sendo muito importante para os profissionais da saúde, uma vez que eles precisam usar máscaras. Isso porque os pelos podem fazer o objeto perder a capacidade de filtrar impurezas.

ÁGUA E SABÃO

No entanto, se esse não é o seu caso, Kakitani ressalta que não é necessário aparar os pelos do rosto, uma vez que a lavagem correta com água e sabão já é o suficiente para higienização e retirada de possíveis secreções. 

"Importante frisar que, assim como é preciso evitar tocar olhos, boca e nariz, também deve-se evitar o contato com a barba, já que ela pode conter essas gotículas que transportam o vírus e podem gerar infecção", afirmou Daniel.

Último acesso: 08 Jul 2020 - 02:07:05 (1104069).