AnaMaria
Famosos / Vida difícil!

Elza Soares teve infância pobre, casamento aos 14 anos e viveu exilada na Itália nos tempos da ditadura

Cantora Elza Soares, grande ícone da música, passou por momentos difíceis antes da fama

Da Redação Publicado em 20/01/2022, às 18h14

Elza Soares morreu de causas naturais nesta quinta-feira (20), no Rio de Janeiro - Instagram/ @elzasoaresoficial
Elza Soares morreu de causas naturais nesta quinta-feira (20), no Rio de Janeiro - Instagram/ @elzasoaresoficial

A cantora Elza Soares, grande ícone da música brasileira, morreu na tarde desta quinta-feira (20), de causas naturais, em sua casa no Rio de Janeiro (RJ).

Com mais de 60 anos de carreira, a vida da estrela nem sempre foi um mar de rosas, pelo contrário: Elza passou por momentos muito difíceis ao longo de sua trajetória, como contou em entrevista para Fábio Porchat, no final de 2018.

“Eu era uma criança e a gente não tinha água onde morava. Não tinha nada. E eu carregava muita lata d’água na cabeça e achava que aquilo era incrível”, relembrou ela, na época.

Elza revelou que se casou muito cedo, aos 14 anos de idade. “Eu nem sabia o que era casamento. Mas fui uma grande mãe. Cresci com meus filhos, a gente cresceu junto”, afirmou.

Ainda no bate-papo, a cantora disse que se considerava uma militante em prol das mulheres: “Essa minha luta de mulher, de brigar, eu venho desde criança buscando, querendo o direito de fala. Mulher sofre muito”.

Elza Soares também teve sua casa alvejada nos tempos da ditadura militar, quando precisou fugir do país e viver exilada na Itália. Foi lá, inclusive, que ela conheceu outro grande nome da música: Chico Buarque. "Chico foi tudo", declarou.

LUTO

A notícia da morte de Elza Soares foi dada por familiares e equipe da artista por meio das redes sociais.

No Instagram oficial de cantora, foi compartilhado um comunicado informando sobre o falecimento da estrela, em decorrência de causas naturais.

"É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais", diz a nota assinada por Pedro Loureiro, Vanessa Soares, familiares e equipe Elza.

"Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação", continuou.

Por fim, concluiu: "A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim".