famosos   / MATERNIDADE

Em seu primeiro Dia das Mães, Andréia Sadi comenta o desafio de ter gêmeos: ‘‘Medo dobrado’’

Jornalista deu a luz à Pedro e João, frutos do relacionamento com André Rizek

Da Redação Publicado domingo 9 maio, 2021

Jornalista deu a luz à Pedro e João, frutos do relacionamento com André Rizek
Andréia abriu o coração sobre a gestação e a maternidade - Instagram/@sadiandreia

Andréia Sadi é uma das famosas que está comemorando o seu primeiro Dia das Mães, neste domingo (9). Há um mês, a jornalista deu a luz aos gêmeos Pedro e João, frutos do relacionamento com André Rizek. Em entrevista emocionante ao jornal O Globo, a mamãe falou sobre os medos e alegrias após gerar os meninos. 

"Ser mãe de gêmeos dá medo dobrado. Mas, ao mesmo tempo, o amor é dobrado. Os sorrisos são dobrados. Dizem que nesta fase são só espasmos, mas eu acredito no que quiser (...) Virei o que eu mais temia: uma banana”, começou Andréia, em tom de brincadeira. 

A apresentadora do ‘Em Foco’ e ‘Papo de Política’ contou que sempre teve o desejo de ser mãe, porém esperou o melhor momento profissional para colocar os planos em prática. “Quando comecei a namorar o André [em 2019], falei: 'Depois das Eleições de 2022 e depois da Copa — pois o nosso calendário precisa conciliar política e esporte, — acho que seria uma boa’”. 

Na sequência, ressaltou: “Um ano depois, a gravidez veio como um presente. E os gêmeos, como um susto (...) Estamos vivendo um momento de desesperança tão grande que, de repente, o nascimento de duas crianças me faz olhar para o futuro e abrir um sorriso”, em menção à pandemia e ao cenário político. 

Apesar disso, Andréia não escondeu a grande responsabilidade em se tornar mãe de gêmeos. "No terceiro dia, quando recebi alta, não queria ir embora da maternidade. Tive uma crise de choro no estacionamento. Estava morrendo de medo”, disse emocionada.

Ao final, entregou uma particularidades dos pequenos na hora da amamentação. "Nos primeiros dias, colocava os dois para mamar ao mesmo tempo, e doía muito. De repente, ficou bom. Só que eles não gostam. Seria engraçadinho se não fosse desesperador, pois agora eles não mamam quando juntos. Cada dia um faz birra. É uma linha de produção: acaba o serviço de um, começa o de outro", finalizou. 

Último acesso: 17 Jun 2021 - 11:19:26 (1144726).