AnaMaria
Famosos / Famosos

Ex-bailarina do Faustão revela cantadas de famosos nos bastidores: ''Não quero carona na fama''

A loira explica que "ser famoso" não é uma qualidade que procura em relacionamentos

Da Redação Publicado em 04/08/2021, às 09h25 - Atualizado às 09h31

Bailarina agora quer ser atriz e influenciadora - Eurico Freire
Bailarina agora quer ser atriz e influenciadora - Eurico Freire

Erika Schneider, ex-bailarina do 'Domingão do Faustão', contou que já recebeu cantadas e flertes de alguns famosos durante seu trabalho na Globo. Fora da atração dominical, ela se dedica à carreira de influenciadora e atriz, mas ressalta não dar importância para status social.

"Não tem importância nenhuma. Eu não ligo. O que me chama atenção em uma pessoa é o jeito dela. Se é simpática, se é humilde, se é gente boa. São essas qualidades que chamam a minha atenção", afirma a ex-bailarina do Domingão, que quer ser reconhecida pelo seu trabalho: "Não quero pegar carona na fama de ninguém", completa.

A loira ressaltou que, mesmo com a paquera, nnenhuma aproximação aconteceu, por não "rolar química". Ela diz que, apesar disso, a fama não é um empecilho para um relacionamento. 

"Não iria ficar com ninguém por  ser famoso, mas também não deixaria de ficar porque não é anônimo. Se acontecesse, eu só ira expor depois quando estivesse bem sério", relata.

DEMISSÃO

Pouco antes de Faustão sair da Globo, Erika deixou o balé do programa após quase oito anos no elenco, em janeiro. A decisão do canal foi de, inicialmente, reduzir a quantidade de bailarinas, por conta das recomendações de preveção da covid-19.

"Já estava esperando porque a gente sabia que o programa ia acabar. Aí chamaram cada menina para fazer uma reunião individual por videoconferência. Eu fiquei triste, mas era uma notícia que eu estava esperando. Não tem um motivo específico, é porque o programa vai acabar", explicou a bailarina.

"Eu preciso ter meu tempinho também. Foram quase 8 anos de Rede Globo. Eu tenho uma história com a emissora. Eu resolvi me preservar nesse início e contar quando eu me sentisse preparada", completou ela.