Fátima Bernardes sobre discurso de Bolsonaro na ONU: ''Vergonha’’

Presidente falou na Assembleia-Geral por 12 minutos nesta terça-feira (21)

Da Redação Publicado terça 21 setembro, 2021

Presidente falou na Assembleia-Geral por 12 minutos nesta terça-feira (21)
Fátima Bernardes - Instagram/@fatimabernardes

Fátima Bernardes detonou o presidente Jair Bolsonaro após discurso do político, durante a abertura da Assembleia-Geral da ONU, nesta terça-feira (21). Em sua fala, ele mentiu sobre a Amazônia e a pandemia, além de ter defendido o tratamento precoce contra a covid-19, cuja falta de eficácia científica já foi comprovada.

Fátima Bernardes assistiu tais declarações ao vivo, durante a exibição do programa ‘Encontro’ e comentou que se sentia envergonhada, uma vez que outros presidentes de nações estavam no local. A apresentadora aproveitou para reforçar a importância das vacinas, também comprovadas que são eficazes contra a covid-19.

“[Tem que ter] vacina e consciência, não negacionismo. Muito difícil ouvir isso, dá vergonha ouvir isso diante de tantos líderes mundiais que estão lutando e, muitas vezes, não têm acesso à vacina porque são países pobres. Você ouvir de um presidente que é contra uma prefeitura exigir uma comprovação de vacinação para a segurança de todos, não podemos garantir a segurança daquele que não quer se vacinar, a gente tem que garantir a segurança de todos”, disse Fátima para a jornalista Michele Loretto, que trouxe a notícia ao programa. 

A apresentadora também comentou sobre atrasos na vacinação em algumas regiões do Brasil, como por exemplo, no Rio de Janeiro. No último fim de semana, a prefeitura deixou de vacinar jovens entre 12 e 13 anos por falta de imunizantes da Pfizer que é, até o momento, o único que está liberado para essa faixa etária. 

“É muito triste. Ainda hoje várias pesquisas que são internacionais mostrarem que não existe tratamento, a denúncia recente do 'Fantástico' de pessoas que morreram com tentativas de tratamento precoce, kit covid. Fico triste. Lamento muito que temos que falar disso quando deveríamos estar falando que tem lugar que não chegou vacina no Rio, de controlar a vacinação, convocação para segunda dose que não é feita. Muita coisa para fazer e não isso, mas vamos em frente, é o que temos”, lamentou.

SEMPRE BOM LEMBRAR
Michelle Loreto aproveitou para reforçar a necessidade das vacinas. A jornalista citou que existem pesquisadores em busca de soluções para a pandemia.

“Por favor, confiem na ciência. Só estamos começando a ver uma luz no fim do túnel, porque temos pessoas estudando isso. Vamos acreditar em quem sabe o que está falando. E quem sabe o que está falando é quem está estudando para isso.”, finalizou Michelle, com um pedido para a população.

É importante ressaltar que especialistas já informaram que as vacinas reduzem o risco de desenvolver a fase mais avançada da doença, evitando assim, novas mortes causadas por complicações da covid-19. Também já alertaram que locais ventilados e uso de máscaras reduzem o contágio, além da importância de manter o distanciamento social. 

Último acesso: 19 Oct 2021 - 14:52:41 (1150255).