AnaMaria
Famosos / saúde

Joelma relembra luta contra a Covid-19: ''Fiquei dois meses de cama''

A cantora falou que, por conta do inchaço, "ficou maior que uma grávida de 9 meses"

Da Redação Publicado em 17/12/2020, às 14h01 - Atualizado às 14h06

A cantora esteve no 'Encontro' desta quinta-feira (17) - Reprodução/TV Globo
A cantora esteve no 'Encontro' desta quinta-feira (17) - Reprodução/TV Globo

Joelmafoi convidada a participar do 'Encontro', exibido nesta quinta-feira (17) na TV Globo. No bate-papo com a apresentadora Patricia Poeta, a cantora relembrou sua luta contra a Covid-19.

"Eu estou cuidando até agora. Até agora, depois de 5 meses eu estou tratando das sequelas", disse ela, que contraiu o vírus em agosto deste ano.

Em outro momento, Joelma falou sobre os sintomas da doença.  "Quando eu peguei o vírus, eu fiquei maior que uma grávida de 9 meses. Afetou minha mente, minha visão, fora o pulmão, intestino, estômago, febre também. Gente, cabelo caiu muito. Foram muitas coisas", falou.

"Eu até brinco aqui em casa, com a minha banda e minha família, que ninguém vai pegar porque peguei por todos", completou, sem deixar o bom humor de lado.

Além disso, a cantora disse que ficou mais de um mês acamada. "Fiquei 2 meses de cama, depois você ainda vai cuidando das sequelas. Eu ainda não estou 100%, estou fazendo uma bateria de exames para entender esse inchaço. Tive muito refluxo", relembrou.

"Quando eu canto eu não sinto essa dificuldade [na voz], é uma coisa muito louca. Comecei a mudar algumas coisinhas na minha vida. Mudou muita coisa, muita coisa melhorou", relembrou.

SEQUELAS

Essa não é a primeira vez que a cantora fala sobre as sequelas da Covid-19. Recentemente, durante uma live para a revista Contigo!, a loira comentou sobre o abalo em sua saúde. "Fiz vários exames, tive problema no intestino, no estômago, no fígado. Foi pancada, afetou minha visão, minha mente, meu pulmão", disse ela.

Joelma ainda contou que preferiu manter as complicações em segredo para não assustar a família. "Tive que ficar isolada. Foi surreal. Foi bom que peguei por todo mundo aqui em casa. Quando souberam aqui em casa, ficaram loucas, minha filha ficou louca. Eu fiquei quietinha, sofri calada", confessou.