AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Paulo Betti faz campanha pela prisão de Mário Frias: ‘‘Motivo suficiente’’

Revolta do ator foi motivada pelo incêndio da Cinemateca Brasileira

Da Redação Publicado em 31/07/2021, às 16h14 - Atualizado às 16h14

Seguidores apoiaram as críticas do artista nas redes sociais - Instagram/@paulobetti e @mariofriasoficial
Seguidores apoiaram as críticas do artista nas redes sociais - Instagram/@paulobetti e @mariofriasoficial

Paulo Betti utilizou as redes sociais para manifestar sua revolta contra a gestão de Mário Frias, Secretário Especial da Cultura do governo de Jair Bolsonaro. O ator defendeu que, após o incêndio da Cinemateca Brasileira, que aconteceu na última quinta-feira (29), já existem motivos suficientes para a prisão do político. 

No Instagram, Paulo Betti ressaltou o descaso do Secretário com a instituição, que estava sem gestor desde 2019, e apoiou o movimento #MarioFriasNaCadeira, que pede a prisão de Frias por negligência na conservação dos patrimônios culturais do país. 

"Quem mandou matar Marielle? Yanomami morre atropelado por avião de garimpeiro. 15 toneladas de ouro contrabandeadas para o exterior, contaminação ambiental, 545 mil mortes, corrupção nas vacinas, ataque à cultura, incêndio na Cinemateca, ameaças diretas à democracia. Isso não é motivo suficiente para gritarmos? Basta", escreveu o ator. 

Muitos amigos e fãs aproveitaram o espaço dos comentários para compartilharem da indignação do artista, além de não pouparem críticas ao governo. “Esse cidadão não merece não ter o nome mencionado! Não sei como ele está ocupando esse cargo . Lamentável”, disse um internauta. 

“Por isso mesmo ele quis o cargo, agora tem que arcar com responsabilidade,este descaso com nossa cultura revoltante”, concordou outro. “Esse governo é constituída de seres das trevas”, disse outro.