AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / Vem aí!

Quatro meses após saída, Globo acerta retorno de Fátima Bernardes ao ‘Encontro’

Fátima Bernardes voltará ao seu antigo programa matinal

Da Redação Publicado em 26/10/2022, às 15h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fátima Bernardes fará participação especial no 'Encontro' - Instagram/@fatimabernardes
Fátima Bernardes fará participação especial no 'Encontro' - Instagram/@fatimabernardes

Voltou? Fátima Bernardes retornará ao ‘Encontro’, quatro meses após deixar o comando do programa matinal. Desde sua saída, Patrícia Poeta, apresentadora que a substituiu, vem recebendo diversas críticas do público, que pede pelo retorno de Fátima.

Por isso, a emissora decidiu acertar a volta da jornalista à atração, porém apenas como convidada. Segundo o Notícias da TV, ela aceitou o convite na hora e aproveitará para divulgar o ‘The Voice Brasil’, reality do qual é a nova apresentadora.

Sua participação servirá para chamar ainda mais atenção dos espectadores para a nova temporada da competição musical. Por isso, a morena revelará curiosidades sobre os bastidores das gravações.

Além disso, a produção do ‘Encontro’ estaria planejando uma homenagem especial para a namorada de Túlio Gadêlha.

REFLEXÃO

Fátima Bernardes se revoltou com o tratamento que o ex-deputado Roberto Jefferson recebeu após atacar agentes da Polícia Federal com tiros e granadas. No Instagram, na última segunda-feira (24), a apresentadora publicou um vídeo em que mostrou sua indignação com o caso e sugeriu que o ex-parlamentar foi tratado de forma especial porque é aliado de Jair Bolsonaro (PL).

Na publicação, Fátima destacou o pedido do presidente de enviar o ministro da Justiça, Anderson Torres, para ajudar na rendição de Roberto. Ela, então, refletiu se qualquer brasileiro naquela situação teria recebido o mesmo tratamento.

“Queria fazer uma pergunta pra você, pra gente refletir juntos. Se eu, você, qualquer brasileiro condenado, atirássemos contra a polícia e feríssimos dois policiais, lançássemos granadas contra o carro da polícia, será que nós receberíamos como tratamento o ministro da Justiça do Brasil acompanhando a nossa rendição? Ou será que isso aconteceu porque o ex-deputado Roberto Jefferson é aliado do nosso presidente? Vamos pensar sobre isso? Por que o tratamento foi tão diferente daquele que seria destinado a qualquer brasileiro?”, questionou nos stories.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!