AnaMaria
Famosos / Que amor!

Rainer Cadete se declara para o filho e momento fofo encanta web

Ator Rainer Cadete ensina filho a tocar violão e se declara: ''Com você compartilho o amor''

Da Redação Publicado em 06/01/2022, às 15h43

Pietro, surge em momento fofo com o pai, Rainer Cadete - Instagram/ @rainercadete
Pietro, surge em momento fofo com o pai, Rainer Cadete - Instagram/ @rainercadete

O ator Rainer Cadeteaproveitou a quinta-feira (6) para dividir um momento para lá de especial ao lado do filho, Pietro, de 14 anos.

Em seu perfil oficial no Instagram, o intérprete de Visky, da novela 'Verdades Secretas', compartilhou uma sequência de registros encantadores em que ele aparece ensinando o herdeiro a tocar violão.

“Com você compartilho o amor. O amor pela vida, pela arte e pela música”, escreveu Rainer na legenda da publicação.

Ao se depararem com a fofura dos cliques, os internautas teceram elogios. "Não há amor maior neste mundo", disse uma fã. "Ele é um príncipe", destacou outra seguidora. "Cara de um, focinho do outro! Iguaizinhos. Pai e Filho lindos", completou uma terceira.

FILHO NÃO ASSISTE 'VERDADES SECRETAS'

O ator Rainer Cadete, intérprete de Visky, um dos personagens de destaque de ‘Verdades Secretas’, revelou que seu filho, Pietro, de 14 anos, não assiste a novela. Apesar do jovem fazer teatro e se interessar pelas temáticas abordadas na trama adulta, Rainer destaca que o diálogo é a melhor forma de esclarecer tudo.

“Meu relacionamento com Pietro é especial desde que ele nasceu. Agora ele está com 14 anos e os hormônios estão em ebulição. Tem vários questionamentos novos e o diálogo é a base de tudo na vida. Sempre tive na minha cabeça que, a medida que ele fosse tendo dúvidas, eu não mentiria e nem omitiria. Lá em casa é assim”, explicou o artista em entrevista ao Gshow.

Segundo Cadete, o personagem de ‘Verdades Secretas’ quase sempre é assunto de estudo e observações: “O Visky é um tema. Ele não assistiu as ‘Verdades Secretas 1’ nem assiste a 2. Agora ele ouve falar muito do Visky entre os amiguinhos dele”.

“Existe um interesse muito grande do jovem em falar sobre erotismo e o que é a sexualidade. Falo sobre esses temas abertamente. Acho importante não termos esses tabus que tínhamos quando criança. Não precisa mais. Chega de hipocrisia né, Brasil?”, indagou ele.