AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Rodrigo Santoro não gosta de usar dublês em cenas de ação: “Faço o trabalho dele”

O ator Rodrigo Santoro confessou que dispensou dublês na série ‘Sem Limites’

Da Redação Publicado em 07/07/2022, às 17h32

Rodrigo Santoro marcou presença no 'OtaLab' - Instagram/@rodrigosantoro
Rodrigo Santoro marcou presença no 'OtaLab' - Instagram/@rodrigosantoro

Rodrigo Santoro fez uma confissão inusitada a Otaviano Costa no programa ‘OtaLab’. O ator foi convidado para falar sobre seu papel de Fernão de Magalhães na nova série do Prime Video ‘Sem Limites’. Durante a entrevista, ele contou que adora gravar cenas de ação e dispensa dublês sempre que pode.

“Além de toda a preparação que antecedeu as filmagens, tivemos muitos ensaios de coreografias. Fiz todas as cenas de luta, de motim. Acho importante fazer as cenas de ação. Sempre que me deixam, eu faço”, confessou.

“Recebo o dublê no set, coloco ele sentado, sirvo um café e faço o trabalho dele”, brincou em seguida.

Enfrentar os perigos das cenas de ação de ‘Sem Limite’ não foi um problema para Rodrigo. Na verdade, o mais difícil era acordar cedo todos os dias para os testes de covid-19 antes das filmagens.

“Tínhamos que fazer testes todos os dias, às cinco da manhã. Se alguém dava positivo, tinha que fechar a produção por dez dias”, explicou.

‘Sem Limite’ estreia na próxima sexta-feira (8) e contará em detalhes a história de Fernão de Magalhães, português que liderou a primeira viagem ao redor do mundo pelo mar, servindo à Coroa Espanhola.

Assista à entrevista:

REJEIÇÃO

Rodrigo Santoro foi um dos convidados do ‘Altas Horas’ em junho e comentou sobre os 51 filmes em que já trabalhou durante seus 22 anos de carreira, com destaque para o premiado ‘Carandiru’ (2003).

Na trama, Santoro deu vida à travesti Lady Di e se casou com o enfermeiro Sem Chance (Gero Camilo). Segundo ele, muitos telespectadores repudiaram o casamento entre os personagens e não pouparam críticas à sua atuação na época.

“É um trabalho muito emblemático na minha jornada. Quando estreou, eu fui ao cinema para olhar a reação das pessoas. Estavam me dizendo que algumas iam embora na hora do casamento da Lady Di. Acho que não conseguiam lidar com aquilo, talvez por eu ter trabalhado na televisão por muito tempo... Então eu vi, pelo menos, umas 20 pessoas saindo do cinema", começou dizendo.

O artista afirmou que ouviu diversas críticas e piadas devido ao papel. "Nesse sentido, foi muito difícil, por causa também da questão do galã de televisão, e piadas... A gente está falando de 2002, estava em outro mundo”, relembrou.

Ele continuou: “Foi um desafio que encarei com muito respeito, fiz muita pesquisa, mas causou repulsa. Lidei com tudo isso e não foi fácil, mas eu tenho muito orgulho desse trabalho. Foi muito muito forte”.

Outro tópico abordado por Rodrigo Santoro foram os atores internacionais com os quais já teve a oportunidade de contracenar. Entre eles, o brasileiro destacou Jim Carrey, Will Smith e Cameron Diaz.