AnaMaria

4 profissões para as amantes de cães e gatos

Confira as carreiras que vão além do ramo veterinário e que lhe permitem conviver diariamente com os peludos

Júlia Arbex Publicado em 21/03/2017, às 14h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

4 profissões para as amantes de cães e gatos - iStock
4 profissões para as amantes de cães e gatos - iStock
Você trabalharia com os pets? Márcio Waldman, veterinário e fundador da Petlove; Thiago Oliveira, diretor da Disciplina Dog; Rudinho Bombassaro, adestrador e psicólogo canino; e Karine Maroso, groomer da Pet Society, listaram as melhores opções disponíveis no mercado. Veja qual pode ser ideal para o seu sucesso!


ADESTRADOR

O que faz: é um profissional que ensina a melhor forma possível de melhorar a obediência e equilíbrio dos cães. Ele estuda o comportamento do pet e qual a técnica que se encaixa melhor naquele animal. Ser adestrador é a arte de harmonizar o relacionamento entre cães e homens. E gatos também!

Habilidades: é preciso ter paciência, persistência, inteligência e criatividade, além de amar e apreciar animais.

Especialização: de acordo com Bombassaro, a pessoa que quer seguir nesta profissão deverá fazer cursos de capacitação em adestramento. “Assim, o indivíduo vai aprender a lidar com os mais variados comportamentos caninos e também dará a ele a capacidade de ensinar comandos aos cães.”




DOG WALKER

O que faz: o profissional é responsável por passear com os cachorros. “Ele estimula os cães a fazerem exercícios físicos leves e atividades de lazer, além de recolher as fezes para manter as calçadas limpas”, explica Waldman.

Como é a rotina: o tempo médio da caminhada é de 45 minutos. Os profissionais podem sair com vários cachorros por vez. Tem
estabelecimento que permite sair com 10, 15 ou até mesmo com 20 cães. Já outros liberam, no máximo, 3.

Habilidades do profissional: antes de tudo, a pessoa deve gostar de cachorro. É interessante também estudar as origens dos cães, seus hábitos naturais, e do que eles gostam. “É um trabalho de empatia, pois devemos atentar sobre o que é bom para o cão e
o dono, e não o que é bom para nós”, afirma Oliveira.

Especialização: é aconselhado fazer alguns cursos de dog walker para aprender como os cachorros captam as coisas, cuidados
pessoais e primeiros socorros.




PET SITTER

O que faz: é como se fosse uma babá, mas para cachorros, gatos e até mesmo para pássaros. Geralmente, o profissional vai até a casa do animal cuidar do bichinho. Habilidades do profissional: além de gostar de bichos, o pet sitter deve ter um alto senso de responsabilidade, conhecimentos de primeiros socorros, raças, higiene, organização de ambiente... Especialização: não existe
um curso, a pessoa precisa ter os conhecimentos ditos acima.




GROMMER

O que faz: “É um esteticista de animais, especialista em cuidados da pele e pelo dos cães e gatos”, explica Karine. Habilidades: amar os animais, ser paciente e cuidadoso, ter coordenação e habilidade para lidar com tesouras e máquinas de tosa, e conviver muito bem em equipe. Especialização: segundo Karine, para se tornar um groomer o profissional deve iniciar um curso básico de
banho e tosa, onde aprenderá os cuidados, desde o preparo para o banho até a finalização de um penteado. Além disso, terá mais conhecimento sobre as raças, pelagens e produtos ideais para cada animal. “Numa próxima etapa, o aluno aprenderá o uso correto de materiais cortantes, melhorando sua coordenação e habilidade com tesoura e máquina de tosa, e as tendências de cortes”, finaliza a especialista.