AnaMaria
Últimas Notícias / REFLEXÃO

''A gente tem que lutar pela democracia'', dispara Antonio Fagundes

No 'Domingão do Faustão', o ator opinou sobre os últimos acontecimentos

Da Redação Publicado em 07/06/2020, às 21h00 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

O ator refletiu sobre os últimos acontecimentos - Instagram
O ator refletiu sobre os últimos acontecimentos - Instagram

Antonio Fagundes participou do 'Domingão do Faustão', exibido neste domingo (7). Durante o bate-papo com o apresentador, o ator falou sobre racismo e também refletiu sobre a democracia. 

Para começar, o artista refletiu sobre os casos de racismo que assola o Brasil e o mundo — não só de hoje. "Isso tem que ser combatido na sua base. A gente tem que começar a gritar na rua que isso não pode acontecer. Todo o ser humano é igual e tem que ser tratado da mesma forma", falou. 

Para continuar, o ator pontuou a importância da informação: "Só que nós já somos muito mais bem informados do que éramos há 100, 150 anos, para entender que isso é uma asneira, que a gente tem que eliminar rapidamente".

Por fim, o veterano opinou sobre a democracia e dividiu a sua visão com os espectadores. 

"Até porque o mundo não descobriu regime melhor até hoje. A gente tem que lutar pela democracia. O grande mérito da democracia é que não está pronto, é uma coisa que tem que ser discutida diariamente, e se você tiver liberdade você vai conseguir dialogar, deixar todos os gabinetes de ódio de lado e entender que a sociedade só vai funcionar quando a gente se olhar nos olhos e juntos quisermos resolver os problemas", disparou Fagundes.