ultimas-noticias   / Dia Nacional de Combate ao Colesterol

Amigo ou Vilão? Especialista explica sobre a importância do colesterol para o organismo

Visto como vilão, o colesterol também desempenha funções importantes no organismo; entenda!

Juliana Ribeiro Publicado sábado 8 agosto, 2020

 Visto como vilão, o colesterol também desempenha funções importantes no organismo; entenda!
O óleo de fígado de bacalhau é rico em colesterol e excelente para o sistema imunológico - Pixabay

O colesterol elevado no sangue é um dos principais causadores de doenças cardiovasculares, entre elas infarto e acidente vascular cerebral. Exatamente por isso, o  Dia Nacional de Combate ao Colesterol, celebrado neste sábado (8), tem por objetivo conscientizar e prevenir as doenças cardiovasculares, que são a primeira causa de mortalidade no Brasil, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

É importante lembrar, porém, que o colesterol não tem apenas o lado ‘vilão’. Ele pode ser considerado um tipo de gordura produzido pelo organismo, sendo responsável por desempenhar funções essenciais como a produção de hormônios, por exemplo. 

Além disso, o sangue é composto por dois tipos de colesterol diferentes: o LDL, considerado ruim por entrar nas artérias, provocando seu entupimento; e o HDL, conhecido como bom, já que retira esse mesmo excesso das artérias, impedindo seu depósito e reduzindo a formação da placa de gordura.

DEVEMOS TEMER O COLESTEROL?

Segundo o médico Paulo Lessa, do Instituto Lessa, não é bem assim. O especialista explica que o organismo é formado por bilhões de células, e praticamente todas elas produzem colesterol continuamente, durante toda a vida. 

Isso significa que cada célula, de cada órgão, tem o colesterol como parte da sua estrutura. "Ele é parte integral e muito importante da membrana celular, que envolve nossas células, e também das membranas das organelas, no interior das células”, explica.

IMPORTÂNCIA NO ORGANISMO

São necessárias diferentes quantidades dele, dependendo da parte do corpo. Se falarmos de uma barreira protetora, por exemplo, será necessário muito colesterol para torná-la mais resistente a qualquer invasão.

Já no caso do cérebro humano, ele é particularmente rico na substância, tanto que cerca de 25% de todo o colesterol do nosso organismo se encontra nessa região. Isso porque, de acordo com o especialista, cada célula e cada estrutura do cérebro e do sistema nervoso precisa deste tipo de gordura, não apenas para sua própria constituição, mas também para realizar suas múltiplas funções.

MIELINA... O QUE É ISSO?

A mielina nada mais é que uma membrana plasmática que é parte responsável pela condução do impulso nervoso, ela dá alimento e proteção para todas as minúsculas estruturas do nosso cérebro. Paulo destaca que a síntese da mielina no órgão está intimamente ligada ao colesterol.

"Vale lembrar que 20% da mielina é colesterol. Se começamos a interferir na capacidade do organismo de produzi-lo, colocamos em risco a própria estrutura cerebral e do restante do sistema nervoso", enfatiza o médico. 

MAS PORQUE PRECISA TANTO?

Além do cérebro, os órgãos mais ávidos por colesterol são as glândulas endócrinas, como as supra-renais e as sexuais. Elas são responsáveis pela produção dos hormônios esteróides. “Que justamente são produzidos a partir do colesterol: testosterona, progesterona, pregnenolona, androsterona, estrona, estradiol, corticosterona, aldosterona e outros”, destaca Paulo.

O médico ressalta ainda que esses hormônios realizam uma gama de funções no corpo humano, o que inclui a regulagem do metabolismo, produção de energia, assimilação de minerais, formação do cérebro, músculos e ossos, até o comportamento, emoções e reprodução. Ou seja: o colesterol é essencial para que o nosso sistema imunológico funcione de maneira adequada. 

Tanto que, atualmente, experimentos com animais e estudos com humanos têm demonstrado que as células do sistema imune dependem do colesterol para combater infecções e se auto regenerarem após a batalha. 

Isso significa que indivíduos com baixo colesterol no sangue acabam ficando propensos a diversas infecções e, além de sofrerem mais tempo com elas, tem mais chance de morrer em decorrência disso. 

“Uma dieta alimentar rica em colesterol tem demonstrado melhorar a capacidade dessas pessoas de se recuperar de infecções. Assim, quem estiver sofrendo de infecção aguda ou crônica deve ingerir alimentos ricos em colesterol para se recuperar", afirma o especialista.

QUAL É O MELHOR ALIMENTO?

Ele cita um que perde apenas para o caviar: o óleo de fígado de bacalhau. "Há muito tempo este vem sendo usado como um ótimo estimulador para o sistema imunológico”, declara. Paulo afirma ainda que o colesterol é uma das substâncias mais importantes do organismo, e que não é possível viver sem ele e muito menos funcionar bem sem ele. 

“Nunca deixe de procurar um médico que entenda do assunto e que realmente vai te ajudar de forma segura a regular seus níveis de colesterol, fazendo com que ele deixe de ser um vilão em sua vida e se torne um verdadeiro aliado”, finaliza.

Último acesso: 04 Mar 2021 - 13:51:02 (1119507).