AnaMaria
Últimas Notícias / EDUCAÇÃO

Aulas presenciais voltam a ser obrigatórias para todos os estudantes em SP

Medida começa a valer na próxima segunda-feira (18)

Da Redação Publicado em 13/10/2021, às 09h33 - Atualizado às 09h33

Distanciamento de 1m entre as carteiras é obrigatório - Pixabay/lourdesnique
Distanciamento de 1m entre as carteiras é obrigatório - Pixabay/lourdesnique

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo confirmou que as aulas presenciais voltarão a ser obrigatórias para 100% dos estudantes da rede pública e privada do estado. A partir da próxima segunda-feira (18), os alunos só poderão deixar de frequentar as escolas diante de justificativas médicas. 

As informações foram antecipadas pelo jornal ‘O Estado de São Paulo’, na manhã desta quarta-feira (13), e serão divulgadas com mais profundidade pelo governador João Dória (PSDB) durante a tarde.

Vale mencionar que, no início de agosto, o governo estadual liberou o retorno às aulas presenciais com ocupação total, desde que fossem respeitados os protocolos sanitários, o que exigiu o revezamento de grupos em algumas escolas. 

Até então, a presença em sala de aula era facultativa aos pais. Além disso, as prefeituras também tinham autonomia para definir as datas e regras relacionadas à reabertura. 

RESTRIÇÕES

Devido à pandemia da covid-19, algumas restrições seguem necessárias no retorno completo dos alunos às salas de aula. A principal delas é o uso de máscaras e álcool em gel pelos estudantes, professores e demais funcionários. 

O distanciamento social de 1 metro entre as carteiras será mantido até o dia 3 de novembro, quando deixará de ser obrigatório. Anteriormente, a distância exigida era de 1,5 metro. 

O governo não esclareceu como essa medida funcionará em escolas que não tem capacidade física de operar com 100% da capacidade diariamente mantendo o distanciamento entre os estudantes.