AnaMaria
Últimas Notícias / POLÊMICA

Homem invade estúdios da Globo procurando por Renata Vasconcello e faz refém

O desconhecido fez a repórter Marina Araújo de refém por cerca de 30 minutos

Da Redação Publicado em 10/06/2020, às 18h36 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Homem invade estudiosas da Globo procurando por Renata Vasconcellos e faz refém - Reprodução/Instagram
Homem invade estudiosas da Globo procurando por Renata Vasconcellos e faz refém - Reprodução/Instagram

Um homem invadiu os estúdios da Rede Globo, localizados no Jardim Botânico, na zona sul do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (10).

O desconhecido pulou as catracas da entrada e fez a repórter Marina Araújo como refém, portando uma faca. O rapaz estava procurando a apresentadora do 'Jornal Nacional', Renata Vasconcellos. 

Após a confusão, alguns PMs foram chamados para o local. O rapaz chegou a ser detido e a jornalista foi liberada sem nenhum machucado. 

Algumas horas após a repercussão do caso, a emissora lançou uma nota oficial falando a respeito do episódio. No documento, o canal negou que a invasão tivesse relação com assuntos políticos, desmentindo alguns rumores que tomaram as redes sociais. 

Afirmaram ainda que o jovem de 20 anos era um fã da apresentadora.

''A Globo repudia com veemência todo tipo de violência. Foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos. Seguindo instruções do comandante Heitor, Renata compareceu ao local onde estava Marina e o invasor. Tão logo ele a viu, largou a faca e libertou Marina. Foi preso imediatamente'', asseguraram. 

E acrescentaram:''A TV Globo agradece à PM, ao coronel Heitor e a todos os policiais, cuja condução foi exemplar. Marina se comportou com coragem, serenidade e firmeza, sendo fundamental para o desfecho da situação. Renata foi corajosa, desprendida, solidária e absolutamente imprescindível para que tudo acabasse bem. As duas profissionais estão bem. E foram recebidas pelos colegas com carinho e emoção'', afirmaram. 

Ainda de acordo com relatos anônimos, o rapaz desejava aparecer ao vivo na televisão e teria pedido para ter o sinal da Globoplay para verificar se estava mesmo aparecendo no canal. Neste momento, alguns funcionários simularam uma gravação do invasor, mas as imagens só foram transmitidas internamente.