AnaMaria
Últimas Notícias / Tragédia

Homem usou três litros de gasolina em fogueira que explodiu em Osasco

Homem revela ter usado três litros de gasolina em fogueira que explodiu

Da Redação Publicado em 05/07/2019, às 18h33 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Responsável por fogueira que explodiu diz ter usado três litros de gasolina - Reprodução/Youtube
Responsável por fogueira que explodiu diz ter usado três litros de gasolina - Reprodução/Youtube

O responsável por montar uma fogueira que explodiu em Osasco, na Grande São Paulo, revelou ter utilizado três litros de gasolina para acender a estrutura. O caso aconteceu na última sexta-feira (28).

Carlos Humberto de Aquino, de 57 anos, disse para a rádio CBN que espalhou o combustível em oito pontos da fogueira, poucos minutos antes do prefeito Rogério Lins acendê-la. As chamas atingiram o político e a primeira-dama. 

Na ocasião, Rogério estava segurando uma tocha quando a fogueira explodiu, ferindo outras quatro pessoas que estavam no local. 

Carlos ainda afirmou que é responsável pela fogueira do evento há 15 anos, e fez a montagem por iniciativa própria. De acordo com ele, não houve nenhuma mudança no procedimento ou nos materiais utilizados, que são comprados ou doados por vizinhos. 

"Espalho três litros de gasolina em oito pontos da fogueira. Espero três, quatro minutos pra acendê-la. Mesmo procedimento que usei ano passado, a tocha, foi esse ano. Pavio não se usa mais, por isso adotei a tocha", disse. 

O prefeito e a primeira-dama ainda estão internados em um hospital de Osasco.

A Secretaria de Segurança Pública informou que já ouviu todos os envolvidos no caso, mas ainda aguarda a liberação médica de Rogério e sua esposa para colher os depoimentos deles.