AnaMaria
Últimas Notícias / TRAGÉDIA

Irmã de Rafael Miguel relembra um ano da morte do irmão e dos pais: ''Sinto falta''

Ator e pais foram assassinados na casa da namorada do artista

Da Redação Publicado em 09/06/2020, às 13h41 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Camilla Miguel perdeu o irmão, Rafael Miguel, e os pais, em junho do ano passado - Instagram/ @cahmiguel
Camilla Miguel perdeu o irmão, Rafael Miguel, e os pais, em junho do ano passado - Instagram/ @cahmiguel

Camilla Miguel, irmã de Rafael Miguel, fez um longo vídeo de desabafo nas redes sociais. Ela relembrou um ano do crime envolvendo o irmão e os pais, mortos em junho de 2019 pelo pai da namorada do ator.

Na gravação de 19 minutos, a comunicadora disse que continua falando com os familiares, mas por sonhos e conexões espirituais. 

“Realmente não consigo estruturar e colocar para fora. Eu só queria conversar com vocês. Sinto falta e o que mais queria era isso. É engraçado que quando eu acho que mais vou me sentir mal é quando eu sinto a presença de vocês, a vida de vocês”, começou ela.

“A raiva, o ódio e a tristeza não tomam conta, mas obviamente não significa que a gente tenha superado. Eu só sinto vocês de uma forma muito bonita e gostosa, como se estivessem aqui... Queria falar com cada um de vocês e lembrar", afirmou.

Miguel falou mais sobre a relação que tinha com o irmão caçula e ressaltou que nunca foi ligada a teorias de vida após a morte.

"Poxa, você tinha tanta coisa pela frente... nossa relação sempre foi muito de amor, não éramos melhores amigos, brigávamos, brincámos, você era muito arteiro, quebrava tudo. Quando cresceu virou uma pessoa completamente diferente, um verdadeiro canceriano sensível e sentimental. Legal até demais. Você cumprimentava todo mundo com um bom dia e um beijo no rosto. Era alguém gentil, humilde, ajudava e isso era genuíno. Tenho muito orgulho de quem você foi. Tenho muito orgulho de quem você se tornou", desabafou.

Camilla, que é mãe da pequena Mariá, disse que cada vez mais se vê parecida com a própria mãe: “A gente sempre foi tão parecida e, neste último ano, isso se evidenciou ainda mais. Até na forma de falar, não só com a minha filha em todos os sentidos. Sinto muita falta de conversar com você todos os dias. A gente era muito ativa e conversava tanto, né?”

O CRIME

Paulo Cupertino Matias, pai da namorada de Rafael, matou o ator de 22 anos e os pais dele com 13 tiros em frente em sua casa, localizada na Zona Sul de São Paulo. Ele não aceitava o relacionamento do rapaz com sua filha.

Desde o dia do crime, o empresário segue foragido e já foi procurado em mais de 300 endereços no Brasil, inclusive na Argentina e Paraguai.