AnaMaria
Últimas Notícias / Polêmica

Jair Bolsonaro rebate música de Daniela Mercury e Caetano Veloso no Twitter

Publicação surgiu um mês após a música oficial ser lançada pela dupla

Da Redação Publicado em 05/03/2019, às 13h47 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Bolsonaro compartilhou marchinha no Twitter - Reprodução/Divulgação
Bolsonaro compartilhou marchinha no Twitter - Reprodução/Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro divulgou em seu perfil no Twitter, nesta terça-feira (5), uma marcinha de Carnaval onde rebateu diversas críticas ao seu governo feitas por Daniela Mercury e Caetano Veloso na música "Proibido Carnaval". 

No tweet, em um primeiro momento, o presidente não faz menção direta aos artistas, mas o silêncio logo é quebrado quando o cantor do vídeo dispara: "Essa marchinha vai para o nosso querido Caetano Veloso e nossa querida Daniela Mercury. Chupa".

A canção compartilhada por Bolsonaro foi divulgada um mês depois dos cantores lançarem o videoclipe pedindo o fim da censura nas festas de Carnaval e em outros momentos.

Após ser publicada, a música de Daniela e Caetano sofreu duras críticas nas redes sociais. Hoje, o clipe conta com 654 mil dislikes contra 155 mil likes e supera 3,6 milhões de visualizações.

O CORPO É MEU
A letra da música foi composta por Daniela e faz referência à polêmica declaração da ministra Damares Alves, que afirmou que meninas deveriam usar rosa e meninos azul.

“O corpo é meu, ninguém toca / Vai de rosa ou vai de azul?”, é uma parte da música.

Em seu Instagram, Daniela compartilhou um trecho e agradeceu Caetano pela parceria. “Eu te amo por tudo e mais agora por isso! Obrigada por deixar eu abusar de você nesse clipe”, escreveu a baiana na legenda.