AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

Maria Lina sonha em ser musa do Carnaval: "Uma honra"

Maria Lina conta a sua relação com o samba

Da Redação Publicado em 01/02/2024, às 21h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Maria Lina - Foto: Reprodução/Instagram
Maria Lina - Foto: Reprodução/Instagram

O Carnaval, uma das festas mais emblemáticas do Brasil, tem conquistado o coração da influenciadora digital e empresária Maria Lina, que hoje compartilha sua grande paixão pela celebração. Natural do Sul, onde as festividades carnavalescas têm características diferentes, ela revela ter encontrado o verdadeiro espírito carnavalesco ao vivenciar as celebrações em São Paulo e no Nordeste.

"De onde eu venho, do Sul, a gente tem algumas festas de Carnaval, como o Navegay, mas o Carnaval de fato, com toda a sua essência, eu conheci em São Paulo e no Nordeste, e realmente curti. Eu sinto que já tinha um gostinho, mas fui conhecer mesmo morando em São Paulo e indo para Recife", compartilha.

PRIMEIRA EXPERIÊNCIA

Uma das experiências mais marcantes da influenciadora foi participar de um ensaio da escola de samba Dragões da Real, em São Paulo. "Fui muito incrível estar neste ensaio da Dragões. Foi minha primeira vez e o primeiro contato que eu tive com as músicas e com as rainhas de bateria. Foi bem especial e marcante", diz Maria, que hoje cultiva um carinho pela agremiação.

Segundo a empresária, essa experiência fez com que ela descobrisse algo novo e se apaixonasse pela arte carnavalesca. "Eu senti como se eu tivesse perdido muito tempo da minha vida sem ter acompanhado aquilo de perto. Foi muito bonito ver a nossa cultura, acho que foi um dos marcos mais especiais que eu tive no Brasil, foi ter me aproximado do Carnaval" , destaca.

Em entrevista ao Metrópoles, ela não descartou a possibilidade de futuramente se tornar Musa do Carnaval. “A minha equipe já conversou sobre isso comigo algumas vezes, eles amadurecem essa ideia na minha cabeça a cada ano que passa. Eu sou muito discreta, um pouco tímida também e acredito que você tem que estar lá para viver aquilo da forma mais intensa do mundo, porque realmente é um estilo de vida. Para estar na avenida exige muita dedicação, muito estudo e talvez um dia, se eu me adentrar mais nessa área, se eu ficar ainda mais envolvida, seria uma honra, com certeza”, conclui.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!