AnaMaria

Menino foge de casa de avião após tirar notas baixas na escola

Garoto saiu Paraná e desembarcou em São Paulo

Da Redação Publicado em 18/04/2019, às 13h40 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h47

Menino foge de casa de avião e desembarca em São Paulo (SP) - iStock
Menino foge de casa de avião e desembarca em São Paulo (SP) - iStock

Um menino de 12 anos foi encontrado em no aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP), na última segunda-feira (15), após pegar um avião em Curitiba (PR) sem o conhecimento dos funcionários.

O garoto teria tirado notas baixas e, para não ser repreendido pelos pais, falsificou a assinatura no boletim. A professora, no entanto, descobriu a fraude e o suspendeu.

Só que, em vez devoltar para casa, o menino foi até o aeroporto de Curitiba (PR), onde mora, se infiltrou em uma família e conseguiu entrar em um avião. Como a aeronave tinha lugares sobrando, ele acabou viajando desacompanhado tranquilamente, sem que ninguém percebesse.  

O problema só foi percebido no desembarque, quando o jovem não sabia para onde ir e, por isso, foi abordado. Ao se dar conta da situação, a companhia aérea entrou em contato com os familiares do menino e com as autoridades, para que retornasse imediatamente a sua cidade. 

Em nota, a Infraero se manifestou informando que a empresa colaborará com as autoridades policiais para esclarecer o fato em questão, ao mesmo tempo em que reforçará seus processos de segurança na sua Rede de aeroportos.

Já a Polícia Federal (PF) garante não ter culpa. A instituição esclareceu que “é responsável pela área de imigração, embarque e desembarque internacional e ameaça à segurança das aeronaves” e que “negligência funcional em embarque doméstico” não lhe cabe apurar.