AnaMaria
Últimas Notícias / Arrependimento

Mônica Iozzi relembra entrevistas com Jair Bolsonaro no 'CQC': ''Me arrependo''

Atriz foi entrevistada no 'Conversa com Bial' e falou da época em que atuava no programa da Band

Da Redação Publicado em 02/09/2020, às 11h39 - Atualizado às 11h45

Mônica Iozzi foi convidada do programa 'Conversa com Bial' - TV Globo
Mônica Iozzi foi convidada do programa 'Conversa com Bial' - TV Globo

Mônica Iozzi foi convidada para o 'Conversa com Bial' e acabou relembrando a época em que atuava no programa 'CQC - Custe o Que Custar', da Band. No programa, que foi exibido na madrugada desta quarta-feira (2), a atriz também comentou sobre as entrevistas com Jair Bolsonaro. 

"Bolsonaro foi muito mais inteligente do que eu. Ele sabia que podia se utilizar da oportunidade que o programa proporcionava para espalhar seu discurso. Ele ainda não era um cara muito conhecido, então para ele era bom", disse a artista. 

Iozzi fazia cobertura política em Brasília e entrevistava pessoas como o ex-militar, que na época, dava muitas entrevistas. 

Na visão da atriz, o programa da Band foi quem mais deu voz a Bolsonaro. Ela ainda lamentou a visibilidade que foi dada ao então deputado: "Me arrependo de ter falado com ele tantas vezes."

Vale lembrar que Mônica entrou na Globo em 2014. Desde então, ela foi comentarista do 'Big Brother Brasil', apresentou o extinto 'Vídeo Show' e atuou em novelas como 'A Dona do Pedaço'. Durante a conversa com Pedro Bial, a atriz revelou o motivo que a fez deixar a TV Globo.  

"Comecei a sentir muita falta de fazer coisas que iam além do humor. Eu acabei ficando muito nesse lugar [...] Então eu comecei a me sentir já sem repertório."

Atualmente, Iozzi está gravando em série em Portugal e se prepara para voltar a apresentar um programa que irá abordar política.