AnaMaria
Últimas Notícias / Muito amor!

Mulher adota colega após serem internadas com covid-19: ''Ela falava por mim''

A moça, que já é mãe de 4 filhos, desejou acrescentar mais uma

Da Redação Publicado em 10/11/2021, às 14h23 - Atualizado às 14h24

Yamilla e Alessandra - (Foto: Reprodução/ Razões Para Acreditar)
Yamilla e Alessandra - (Foto: Reprodução/ Razões Para Acreditar)

Alessandra Nunes, que mora em Macaé, no Rio de Janeiro (RJ), dividiu quarto de hospital com Yamilla Cunha, enquanto as duas, internadas, encaravam a covid-19. Foi nesse período juntas que Alessandra decidiu adotar Yamilla. 

Tudo começou quando Alessandra foi internada sentindo uma leve falta de ar. “Minha enteada veio aqui e disse: ‘tia, vou te levar pro hospital, você não está respirando direito’. Chegou lá, eu não consegui mais respirar, não conseguia nem abrir o olho e pensei… ‘estou morrendo'”, contou. 

Enquanto isso, Yamilla também apresentava sintomas da doença. “Tinha ido fazer hemodiálise, estava com febre e tossindo, aí a médica disse que precisava me encaminhar pro hospital, porque talvez fosse Covid”. 

COMO ACONTECEU?
As duas passaram por fases complicadas, Yamilla não tinha forças para sequer abrir os olhos e Alessandra se cansava com facilidade, até mesmo para dizer uma única palavra. Sendo assim, as duas se uniram para se comunicarem com os profissionais de saúde. 

“Ela era minha boca e eu, os olhos dela. Eu não conseguia falar alto, ficava muito cansada quando tentava – então ela falava por mim”, explicou Alessandra. Durante esse tempo no hospital, ela descobriu que Yamilla era sozinha, sem amigos ou familiares. 

Pensando nisso, Alessandra decidiu adotar a companheira de quarto e integrá-la à sua família. “Eu falei: ‘você vai morar comigo’ porque aí, dentro da minha casa, você terá companhia”, garantiu.

Além dos quatro filhos, agora Yamila é a mais nova integrante da família e teve apoio dos novos irmãos também. “Minha mãe está sempre disposta a tirar dela para dar aos outros. Com esse aprendizado, penso que, quando eu crescer, ser mãe, quero ser igual a ela. É uma inspiração de vida para mim”, declarou uma das filhas de Alessandra.