AnaMaria

Rodrigo Bocardi precisa de explicação sobre sensação térmica no 'Bom Dia SP'

Jornalista não se convenceu sobre a diferença entre temperatura e sensação términa

Da Redação Publicado em 26/05/2020, às 09h36 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Rodrigo Bocardi conta com ajuda de especialista no Bom Dia SP - Divulgação
Rodrigo Bocardi conta com ajuda de especialista no Bom Dia SP - Divulgação

A edição do Bom Dia SP desta terça-feira (26) foi marcada por um longo debate sobre sensação términa. Glória Vanique até mesmo acionou a meteorologista para tentar convencê-lo do assunto.

Tudo começou quando a jornalista informou que a sensação térmica chegou a 3ºC no Mirante de Santana (SP) durante a madrugada. Prontamente Bocardi pontuou.

"Sensação térmica, aquela história, para mim é o que o termômetro mede", disse.

Na sequência, Glória rebateu.

"Isso é a temperatura. Sensação térmica é um cálculo que os meteorologistas fazem também levando em conta a velocidade do vento", explicou.

E o diálogo se estendeu.

"Mas quando bate o vento no termômetro ele também não tem a sensação, não mede aquilo que está batendo nele", disse Rodrigo.

Após o debate, a repórter Mariana Aldano foi chamada para transmitir informações sobre o frio e fez questão de convidar Bocardi para sair do estúdio.

Pouco depois, Glória leu a mensagem da meteorologista que acompanhava a edição.

"Eu dei minhas explicações, vocês viram. Agora a explicação da especialista, a meteorologista: 'A sensação térmica varia de acordo com 3 fatores, velocidade o vento, umidade e atitude. No nosso caso a sensação calculada veio da temperatura do momento, de 11° C, com rajadas de vento de 27 km/h, e agora preste atenção no detalhe: os termômetros de estações meteorológicas ficam fechados em casinhas chamadas abrigos meteorológicos e sofrem pouca influência do vento. A velocidade do vento é medida por outro aparelho, o anemômetro'", finalizou.