Emagreça com 5 ritos tibetanos

Aliados a uma dieta saudável, estes movimentos inspirados na ioga equilibram o metabolismo e favorecem a perda de peso. Além disso, aumentam a energia, a imunidade e a concentração

Emagreça com 5 ritos tibetanos | <i>Crédito: Shutterstock
Emagreça com 5 ritos tibetanos | Crédito: Shutterstock
Baseada na hatha ioga (método que privilegia os alongamentos mais suaves), a série de ritos tibetanos que já conquistou famosas
como a atriz Letícia Spiller, 43 anos, é capaz de melhorar o condicionamento físico, harmonizar o organismo e aumentar o tônus muscular. Mas os benefícios vão além da estética. “Esses exercícios equilibram os chacras, que são pontos energéticos do nosso corpo, e facilitam o fluxo da energia vital para um perfeito funcionamento orgânico e mental. Eles agem sobre as glândulas, normalizando algumas funções fisiológicas, como o apetite, por exemplo”, explica Christian Rocha, professor de ioga (SP). A
personal trainer e fisioterapeuta Cecília Faipó, também de São Paulo, acrescenta:“Como são movimentos que ativam globalmente a
circulação sanguínea, propiciam uma drenagem linfática natural”.


O segredo
As posturas dos ritos tibetanos começaram a ser divulgadas por Peter Kelder no livro A Fonte da Juventude (Editora Best Seller, R$ 24,90). Ele criou a técnica baseado em seus conhecimentos de medicina oriental e ioga. Se você se interessar pela prática, o mais importante é realizar os exercícios diariamente para criar o hábito – ao acordar é o melhor horário. O efeito é cumulativo,
portanto, quanto mais você se exercitar, mais benefícios sentirá com o passar do tempo. Os movimentos devem ser feitos com concentração e consciência corporal. “O bem-estar físico e mental é percebido já nas primeiras quatro semanas”, conta Cecília. Gostou da ideia? Siga os passos!


Queima de estoque
Qualquer pessoa saudável pode praticar esta sequência de ritos tibetanos. O ideal é iniciar repetindo três vezes cada um e ir 
aumentando a cada semana até chegar a 21 repetições. Sempre comece o movimento inspirando e termine a execução expirando.
O treino dura só 30 minutos e deve ser realizado diariamente. 



Primeiro rito
De pé, braços abertos na linha dos ombros, gire o corpo no sentido horário – da esquerda para a direita. Quando parar, relaxe os braços ao longo do corpo, perceba a respiração desacelerar e recupere o equilíbrio.



Segundo rito
Deitada, pernas unidas, braços ao lado do corpo e cabeça elevada com o queixo próximo ao tórax. Inspire, contraia bem o abdômen e eleve as pernas simultaneamente, expirando. Desça as pernas e, por último, apoie a cabeça no chão. O exercício é um excelente abdominal.



Terceiro rito
Comece a postura sentada, tronco reto, olhar para o horizonte e pés alongados apontando para frente. Incline o tronco para frente,
flexionando os tornozelos e trazendo os pés em direção ao tronco. Inspire no início e expire no final, contraindo o abdômen.


Quarto rito
Ajoelhada, coluna reta, mãos apoiadas abaixo dos glúteos, queixo encostado no peito. Leve a cabeça e o tronco para trás, inspirando e sentindo o alongamento do abdômen. Não force a coluna – respeite seu limite. Retorne a cabeça e o tronco expirando.



Quinto rito
Sentada, braços ao lado do corpo com mãos espalmadas no chão, queixo próximo ao peito, pernas retas e pés flexionados. Dobre os joelhos e, com a ajuda dos braços, vá elevando o tronco e inclinando a cabeça para trás. Sinta o alongamento da região posterior
das pernas. Inspire ao executar o movimento e expire ao voltar e sentar olhando para baixo.


Menu turbo
Não existe um cardápio específico pra acompanhar os ritos tibetanos, mas Peter Kelder recomenda o consumo de alimentos naturais e a redução da carne vermelha. A nutricionista Vivian Goldberger acrescenta: “Inclua itens fibrosos (frutas, verduras e legumes), pois ajudam o intestino a funcionar e eliminam toxinas. Os carboidratos integrais também são bons, pois aumentam a sensação de saciedade”. Ela elaborou este cardápio de 1 400 calorias que ajuda a emagrecer. No almoço, inicie a refeição com
uma salada temperada com azeite, limão e uma pitada de sal.


Cardápio

CAFÉ DA MANHÃ
• ½ mamão papaia salpicado com 1 colher (sobremesa) de flocos de aveia integral
• 1 copo de chá-mate gelado sem açúcar

LANCHE
• 1 copo de suco de laranja com acerola

ALMOÇO
• 1 filé de pescada branca (com cogumelos shimeji, se desejar)
• 2 colheres (sopa) de purê de abóbora

LANCHE
• 1 panqueca de maçã cozida e uvas-passas (de preferência, feita com leite desnatado e farinha de semente de linhaça)

JANTAR
• 1 prato (sopa) de sopa de grão-de-bico
• 1 copo de água de coco

CEIA
• 1 xícara do chá de sua preferência
• 2 castanhas de sua preferência


O CARDÁPIO ACIMA É APENAS UMA SUGESTÃO. O PLANO ALIMENTAR DEVE SER
INDIVIDUALIZADO E É ESSENCIAL CONSULTAR UM PROFISSIONAL. VALE LEMBRAR AINDA
QUE A PERDA DE PESO VARIA DE ACORDO COM O ORGANISMO DE CADA UM. ALÉM
DISSO, PESSOAS COM DIABETES, PRESSÃO ALTA E PROBLEMAS NO CORAÇÃO DEVEM
CONSULTAR UM MÉDICO ANTES DE COMEÇAR QUALQUER DIETA.


13/12/2016 - 16:00

Conecte-se

Revista Ana Maria