AnaMaria
BBB / BBB 22

BBB 22: Famílias das "Comadres" admiram amizade das sisters

Parentes e amigos acreditam que as três devem se unir ainda mais no jogo

Da Redação Publicado em 26/02/2022, às 22h30

Lina, Natália e Jessi integram o grupo das Comadres - Reprodução/Tv Globo
Lina, Natália e Jessi integram o grupo das Comadres - Reprodução/Tv Globo

Jessilane Alves, Linn da Quebrada e Natália Deodato foram carinhosamente apelidadas pelo público do BBB como "As Comadres", e a amizade das três tem sido muito admirada fora do confinamento.

Apesar dos desentendimentos e brigas, as três cultivam uma boa amizade e essa união foi fundamental para que prosseguissem concentradas no jogo.

As famílias das moças também estão felizes com a união, e até mesmo conversaram com o jornal Extra, neste sábado (26), sobre o assunto.

"Vejo "as comadres" como algo bonito e genuíno. Elas, nas diferenças e na solidão, encontraram apoio uma na outra, o que lá dentro é muito importante, porque é o que dá suporte emocional para elas. Se for pela amizade, as três vão longe", afirmou Caroline Alves, irmã de Jessi.

Ela falou ainda que, apesar da amizade, as três têm pensamentos muito distintos, mas procuram sempre se respeitar. 

"Acho que é isso que pode fortalecer as três, tanto lá dentro quanto aqui fora", concluiu.

A equipe que administra as redes sociais de Lina também costuma tecer elogios para a relação das comadres. No entanto, apesar de todo o suporte, as três já passaram por perrengues, principalmente quanto a estratégia de jogo.

A mãe de Natália, Daniela Rocha, acha que as amigas deveriam melhorar a comunicação.

"Talvez em alguns momentos as três deveriam se ouvir mais. O que está causando alguns pequenos conflitos é a comunicação. Mesmo que elas conversem muito e confiem umas nas outras, ainda falta encontrar uma melhor comunicação que contemple as três em relação ao jogo. Dessa forma, elas também se protegem mais", avaliou ela, que também crê a amizade será além do BBB 22.

"A amizade em si delas é muito bonita. É nítida a identificação que elas têm uma com a outra. Talvez pela semelhança de vivências etc. Elas podem estar tendo alguns problemas na aliança para o jogo, mas a amizade delas eu tenho certeza de que vai render aqui fora", completou.