AnaMaria
BBB / Fofas!

‘BBB 22’: Linn da Quebrada revela apoio da mãe e emociona os brothers

O apoio da mãe de Linn levou os participantes às lágrimas

Da Redação Publicado em 26/01/2022, às 13h56

Linn da Quebrada e sua mãe - Reprodução/Instagram
Linn da Quebrada e sua mãe - Reprodução/Instagram

Linn da Quebrada deu mais detalhes da relação com sua mãe, durante um bate papo com os demais participantes, na madrugada desta quarta-feira (26). A atriz explicou como a matriarca reagiu à sua transição.

“Foi um processo complexo e difícil. Ela dizia 'vou te mandar embora de casa', só que depois ela foi entendendo", começou. “Ela tinha medo do que o mundo poderia fazer comigo, mas nesse medo, querendo me proteger, ela estava sendo violenta também”, ressaltou.

“Nesse último filme que eu fiz, que eu dirigi, que nem saiu ainda, no meu primeiro curta, o 'Blasfêmea', tem um áudio da minha mãe falando 'Você tá bem? Tá se alimentando direito? Eu te amo... do jeito que você é”, contou.

Emocionada, Linn relembrou outras falas de sua mãe. “Essa pausa... e nesse último tem meu processo do peito, tem ela falando 'antes você podia colocar o peito só quando eu morresse, mas eu era muito careta naquela época'. É muito lindo ver ela se transformando junto comigo", completou.

Confira!

EXPLICOU A TATUAGEM

A primeira semana de confinamento do 'BBB22' já foi o suficiente para que os participantes recebessem um puxão de orelha sutil de Tadeu Schmidt sobre transfobia. Tanto que, no último domingo (23), o apresentador abriu espaço no programa ao vivo para que Linn da Quebrada reforçasse que o pronome correto para usar é o 'Ela'. 

Na ocasião, Schmidt perguntou quem estava solteira e solteiro na casa, frisando os pronomes masculino e feminino. Logo em seguida, ele pediu para Linn explicar o motivo de ter tatuado "Ela" na testa.

A artista, então, esclareceu que fez a tatuagem por causa da mãe. "Quando eu fiz minha transição, minha mãe ainda errava e me tratava no pronome masculino (...) Então, ficou na dúvida, lê e vocês lembram que eu quero ser tratada nos pronomes femininos", afirmou, sendo aplaudida pelos colegas de confinamento.

O apresentador, por sua vez, pediu que nem os participantes do programa e nem os telespectadores esquecessem mais da forma correta como devem se referir à cantora. "Para que erros não sejam mais cometidos", afirmou, sendo ovacionado pelos internautas.

Vale lembrar que desde quando entrou no 'BBB22', Linn foi chamada de "amigo" por Eslovênia e recebeu um torpedo de Laís perguntando se ela estava "solteiro". 

FAMÍLIA

A abordagem de Tadeu se mostrou ainda mais importante diante da revelação de sua filha, Valentina, de que é queer. Em seguida, a garota revelou que se identifica como queer: "Então, depois de anos em dúvida, cheguei a uma conclusão da qual me orgulho e finalmente me sinto confortável: sou queer, ou seja, no meu caso, minha orientação sexual e atração emocional não correspondem à heteronormatividade. Eu me amo e amo todes vocês. Essa sou eu. Simples assim".

A revelação da jovem de 19 anos deixou vários internautas emocionados, prestando apoio e identificação na ocasião. Inclusive, Schmidt fez questão de ressaltar que está junto com a filha em todas suas fases. "Seja o que você quiser sempre! Essa menina linda e corajosa! Seja você", comentou o pai, orgulhoso.