bbb   / Reality

‘BBB21’: Na reta final do reality, ‘Jogo da Discórdia’ é marcado por discurso emocionante dos brothers

Participantes fizeram um agradecimento especial aos amigos na noite da última segunda-feira (26)

Da Redação Publicado terça 27 abril, 2021

Participantes fizeram um agradecimento especial aos amigos na noite da última segunda-feira (26)
'Jogo da Discórdia' - TV Globo

A exatamente sete dias da grande final, os brothers começam a ficar cada vez mais ansiosos para saber quem vai compor o ‘Top 3’ e disputar o grande prêmio de R$ 1,5 milhão da edição. Mas enquanto o grande dia não chega, eles seguem com a rotina normal e, como de costume, a noite desta segunda-feira (26) foi sinônimo de ‘Jogo da Discórdia’.

Dessa vez, a dinâmica foi mais “boazinha” e rendeu discursos emocionantes dos participantes. Após conversarem com Leifert sobre provas de resistência, queridômetro e outros momentos marcante, cada um deles fez um pequeno desabafo de agradecimento aos parceiros de confinamento. 

Quem tomou a iniciativa foi Gil do Vigor. Bastante comovido, o economista disse que os amigos o ensinaram a ser mais corajoso: “Eu quero dizer para vocês muito obrigado, por tudo, de verdade. Para mim, foi um sonho estar aqui, passar pelo que eu passei. Todo mundo sabe aqui. Vocês me ensinaram muito”.

“Vocês me acolheram, me ajudaram muito a ter coragem de ser quem eu sou, eu tive muito medo, por conta de tudo. Mas eu vi vocês tendo coragem... Então todos vocês, com acertos, com erros, me ensinaram a ter coragem e eu vou ter coragem quando sair daqui e ser quem eu sou. Eu sou muito grato a vocês, por tudo”, acrescentou.

Na sequência, a palavra foi passada para a emparedada Camilla, que fez questão de elogiar algumas qualidades dos confinados: “Quero agradecer todos vocês, porque de certa forma vocês contribuíram sim com a minha vida. Cada um de um jeito que vocês não imaginam. Eu tive que citar algumas qualidades. O Fiuk, eu falei a calma, a Juliette tem a sinceridade dela, a Pocah o carinho, o Arthur a força”.

A influencer ainda homenageou Gil, com quem desenvolveu uma bela amizade: “O Gil, a sua loucura, ela é contagiante. Todos nós merecemos. Estamos aqui porque merecemos. Seja eu, fugindo de vários paredões, seja você voltando de vários paredões. Nós estamos aqui. Eu estou muito grata. O que importante é que o destino colocou a gente aqui”.

Pocah também pediu a palavra para agradecer ao ‘Top 6’ pela força e acolhimento que ofereceram a ela durante o reality show: "Eu estou muito feliz de estar aqui, de viver isso aqui. Em muitos momentos eu achei que não iria aguentar. Eu podia estar na fossa e cada um de vocês aqui tentou me resgatar. Isso, para mim, é amizade. Nós somos amigos, querendo ou não, somos amigos".

E, é claro, Fiuk não ficou de fora do momento. O brother, que sempre ressaltou como o programa mudou sua vida, discursou: “Eu sempre tive medo de ser eu mesmo. Eu sempre fui um cara que me escondi a vida inteira e aqui dentro vocês conheceram uma versão de mim que nem a minha família conheceu”.

“E gratidão por participar disso tudo porque hoje eu sou muito mais feliz do que quando eu entrei, velho. Muito mais feliz”, complementou. 

Em seguida, foi a vez de Arthur: “Tem uma frase que falam: 'maturidade é você conseguir sorrir com o que já te fez chorar'. Acredito que não tem ninguém que vai sair por aquela porta ali, seja amanhã ou seja daqui a sete dias, que vai sair da mesma forma que entrou. Nem que seja [levar] algum probleminha psicológico daqui”.

Ele seguiu afirmando que se sentiu muito mais à vontade para ser quem realmente é: “Não podia demonstrar fraqueza na frente de quem eu estava competindo, de quem morava na cama de cima e guardava comida na mesma gaveta que eu. Situações da vida. Sempre tive que ter essa casca (...) E para mim era muito difícil. Aqui vocês me deixaram bem e confortável, como amigos lá fora não me deixaram. Só posso agradecer”.

Por fim, mas não menos importante, Juliette caiu no choro ao revelar seus medos e dificuldades no início do jogo: “Eu, quem mais fala... Eu não tenho palavras, de verdade. O meu maior medo, quando eu entrei aqui, era encontrar os meus monstros, era que as minhas cicatrizes falassem e eu tinha muito medo porque eu sei que quando a nossa dor fala, ela machuca”. 

“Eu sou muito machucada e eu sei que vocês também têm a de vocês. E eu encontrei sim, vocês viram o que aconteceu comigo nos primeiros dias. Eu olhava para aquele relógio e achava que não ia conseguir".

A paraibana ainda ressaltou a evolução dos amigos durante o confinamento: “Eu tentei ajudar cada um aqui de uma forma totalmente sincera e eu estou muito feliz de ver vocês falando sobre isso. Eu consigo ver o tanto que vocês cresceram, eu também cresci muito. Eu estou muito feliz que vocês estejam aqui, são pessoas que eu tenho um carinho especial, são heróis. Todos vocês são heróis e eu aprendi um pouco com cada um de vocês”. 

“Eu não estou no paredão, mas eu sei que vou demorar a ver um de vocês e eu quero dizer isso, eu estou muito feliz de estar aqui”, finalizou.
 

Último acesso: 10 May 2021 - 17:43:33 (1144199).