Entenda como a suplementação de colágeno previne o envelhecimento da pele 

Especialista dá dicas de como deve ser feita a reposição da proteína e quais cuidados tomar

Da Redação Publicado quarta 30 junho, 2021

Especialista dá dicas de como deve ser feita a reposição da proteína e quais cuidados tomar
Entenda a importância da reposição de colâgeno e como fazê-la de maneira eficaz - Alexandr Ivanov / Pixabay

É natural do corpo humano que, ao longo do tempo, a produção de algumas vitaminas e proteínas passe a diminuir. E com o colágeno não é diferente. Essa proteína é responsável por manter a pele saudável, por promover firmeza, elasticidade, força e estrutura do nosso corpo, prevenindo os sinais de envelhecimento. 

A nutricionista Bianca Naves, professora e colaboradora de Pós-graduação do Curso de Nutrição do Centro Universitário São Camilo, em São Paulo (SP)explica que o colágeno compõe 70% da pele e 30% das proteínas do corpo e que a sua perda tem início a partir dos 25 anos de idade, mas que, a partir dos 40 anos, os efeitos começam a ser mais notados e sentidos. 

Com o envelhecimento, temos uma degeneração das fibras colágenas da pele e uma redução no processo de renovação celular, além da redução da síntese de colágeno e de elastina", explica a especialista. Além da questão estética em si, esse declínio também ligado ao surgimento de algumas doenças, como osteoartrite, osteoporose, hipertensão e até úlcera gástrica, lembra a especialista.

SUPLEMENTAÇÃO
Em uma tentativa de contornar a situação, a indústria farmacêutica tem feito diversas pesquisas e lançado produtos para fazer a suplementação dessa proteína tão importante ao corpo humano. Mas, a grande questão é: dá mesmo para repor o colágeno perdido? 

Naves aponta que existem poucas evidências de que apenas com uma boa alimentação regular tenha eficácia por si só, uma vez que a absorção da proteína pelo corpo é muito difícil. Além disso, a nutricionista explica que a nossa alimentação é naturalmente pobre em colágeno, que geralmente é encontrado em carnes vermelhas e frango (cartilagem e ossos) e peixes (pele, espinhas e cartilagens). 

Sendo assim, uma forma mais eficaz de recompor essa proteína é a suplementação oral com produtos que podem ser comprados na farmácia. “Além de repor os estoques, a suplementação de colágeno hidrolisado (HC) tem demonstrado efeitos funcionais e benéficos”, diz a especialista.

RESULTADOS
Vale destacar que para obter resultados é preciso uma suplementação diária e prolongada. Alguns estudos apontam ainda que o tempo necessário para começar a surtir efeito é de, no mínimo, 90 dias. Isso quando a reposição oral for associada a uma alimentação saudável, boa ingestão de água e um estilo de vida ativo.

“Em uma condição de falta de nutrientes no corpo, sem aminoácidos suficientes, o organismo, caso receba a suplementação de colágeno, prioriza o uso onde são mais necessários. Assim, é necessário ter o organismo suprido em proteínas para somente então suplementar o colágeno com foco em suas funções desejadas, pois a pele e a saúde da mobilidade acabam tendo importância secundária”, conclui Bianca.

Último acesso: 19 Sep 2021 - 04:22:07 (1146260).