AnaMaria

Você é capaz de ter um jardim lindo em casa

Separamos dicas legais do livro Minhas Plantas que vão te ajudar a cuidar de flores e fazer a horta perfeita. Chega de matar as coitadas das florzinhas

Luciana Bugni Publicado em 15/01/2018, às 16h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Você é capaz de ter um jardim lindo em casa - Shutterstock/Divulgação
Você é capaz de ter um jardim lindo em casa - Shutterstock/Divulgação

Quem vê a jornalista e apresentadora Carol Costa hoje, duvida que um dia ela não tenha sido capaz de cuidar de plantas. Pois ela garante que não virou a especialista no assunto que é sem antes fazer morrer muitas plantinhas e florzinhas inocentes. “Depois de matar tantas orquídeas de sede, soterrar tantas sementinhas, assassinar bonsais e aniquilar canteiros, não me achava capaz de cuidar de um vaso de uma suculenta que fosse. Foi justamente o rastro de assassinatos involuntários, a montanha de vasos vazios que me fizeram dar um basta. Aquela matança tinha de acabar e não, eu não moraria em um lugar sem verde!”, ela diz na introdução de seu livro Minhas Plantas – Jardinagem para Todos (Até Quem Mata Cactos). Se identificou com esse relato? No livro, você vai encontrar dicas que farão pensar que ter um jardim verde em casa é possível. Separamos algumas delas aqui para fazer nascer a jardineira que existe em você. Aí, segundo Carol, é só ler com atenção, se munir de vaso, substrato, sementes e mudas. E esverdear sua casa.

Para acertar a medida de luz

1 Sombra não é breu
Tem planta de sol, meia-sombra e sombra. As primeiras precisam de oito horas diárias de sol. As segundas crescem com umas quatro horas por dia. E as outras? Vivem só com luz difusa, naquele ambiente com muita claridade natural, mas sem sol. Nada a ver com breu, hein?

2 A 3 metros da janela
O melhor lugar para plantas é lá fora, onde dá para fazer sujeira sem culpa. Se você mora em apartamento, o canto mais nobre é a varanda, ou perto de vitrôs e de janelas. Dica ninja: deixe os vasos, no máximo, a três metros de distância da luz natural.

3 A folha fala
Se as folhas estão pálidas, amareladas ou com grandes áreas esbranquiçadas, a planta está tomando sol demais. Se a orquídea tem folhas bonitas, verde-garrafa e nunca mais deu flor, está tomando sol de menos. É hora de mudá-la para um lugar mais iluminado.

4 Sem mudanças drásticas
Trouxe a planta do supermercado? Mesmo que ela seja de sol, deixe apenas na claridade por alguns dias. Quando for mudar um vaso de lugar, faça isso gradativamente, aumentando a insolação ao longo das semanas. Assim, as verdinhas se aclimatam sem sofrimento.

Para regar na medida...                                                                                                                                                                        Dedômetro: toque a terra com o dedo antes de regar. Se estiver seca, regue. Se estiver úmida, não regue. De montão: coloque muita água, até ela sair pelos furos do vaso. É melhor molhar muito poucas vezes na semana do que um tico por dia.

Vaporzinho: borrifar é um refresco num dia quente, aquela delicinha que aumenta a umidade do ar, mas não substitui a rega.

SOS: terra que esturrica vira uma crosta difícil de hidratar. Mergulhe o vaso num balde com água por uns 10 minutos e salve sua planta.

Hora certa: molhe seu cantinho verde de manhã cedo ou no fim da tarde. Isso economiza água, evita pragas e favorece o desenvolvimento
saudável das plantas.

Para ter orquídeas lindas                                                                                                                                                                                Molhe mais do que recomendaram
Orquídeas amam água, só não gostam de ficar com as raízes molhadas. Leve o vaso para a pia e molhe as folhas e todo o substrato. Só poupe as flores. Escorra antes de recolocar o vaso no lugar. Deixe quietinhas plantas que estiverem com flor Orquídea florida é tipo mãe de
recém- nascido: concentra toda a energia na cria. Não mexa nela: muitas abortam a florada se passarem pelo estresse de um transplante. Espere as flores caírem antes de mudar de vaso. Não jogue a planta fora depois da florada Muita gente joga fora orquídea sem flor. Opa, orquídea não é descartável. Se bem cuidada, ela floresce pelo menos mais uma vez por ano.

Para adubar sem erro...                                                                                                                                                                                    Não misture adubos, mesmo orgânicos
Em excesso, eles podem matar a planta. Alterne o uso ao longo dos meses. Um tempo de bokashi, depois húmus de minhoca e por aí vai...

Varie a adubação
Quanto mais variada a adubação da planta, mais saudável ela vai crescer. E mais resistente vai se tornar a pragas e doenças.

Adube depois de regar
Na terra seca o adubo não é absorvido. Não esqueça que a planta não come a comida, ela bebe os nutriente pelas raízes e folhas.

Evite as horas de sol forte para adubar
Prefira fazer isso logo de manhã ou à tardinha.

Minhas Plantas - Jardinagem para Todos
(Até Quem Mata Cactos)
Editora: Paralela
Preço: R$ 99,90