Morre de covid-19 o vereador que tentou desobrigar uso de máscara

Óbito de Thirles Santos foi confirmado pela Câmara Municipal de Uberlândia

Da Redação Publicado sábado 18 setembro, 2021

Óbito de Thirles Santos foi confirmado pela Câmara Municipal de Uberlândia
Thirles Santos (PSL) era vereador de Uberlândia - Reprodução

Morreu o vereador Thirles Santos (PSL) vítima de covid-19, aos 34 anos, na última sexta-feira (17), em Uberlândia (MG). O parlamentar chegou a apresentar um Projeto de Lei propondo a desobrigação do uso obrigatório de máscara. Além disso, ele afirmou que esperaria para se vacinar contra a doença. 

Thirles estava internado em um hospital particular desde agosto e precisou ser intubado nos últimos 15 dias, após piorar e ter quadro de saúde considerado grave, uma vez que os pulmões já não respondiam ao tratamento. Nesta semana, ele passaria por uma traqueostomia. 

A morte do parlamentar foi confirmada pela Câmara Municipal de Uberlândia, que emitiu uma nota para lamentar o óbito. "O vereador Thirles Santos deixou sua história e legado na Câmara Municipal de Uberlândia nestes 7 meses e 20 dias que passou conosco", iniciou.

"Como integrante do Poder Legislativo Municipal, o vereador teve como função primordial representar os interesses da população perante o Poder Público, ouvindo o que os seus eleitores e o povo de Uberlândia desejavam, propondo e aprovando esses pedidos na Câmara Municipal e fiscalizando se o prefeito e seus secretários estavam colocando essas demandas em prática", finalizou o comunicado.

Em seu Projeto de Lei, o vereador defendeu que as pessoas vacinadas já não precisavam usar máscaras. Ele justificava que o uso da proteção prolongada poderia agravar sintomas de pessoas com problemas respiratórios, pois o "ar quente dificulta a respiração", podendo causar "ansiedade".

Último acesso: 20 Oct 2021 - 07:39:21 (1150155).