Animais de estimação são os maiores causadores de rinite? Não é bem assim

Especialista dá dicas de como conviver com pets e prevenir as alergias

sábado 10 novembro, 2018
O número de pessoas que são alérgicas especialmente aos animais é menor do que se pensa
O número de pessoas que são alérgicas especialmente aos animais é menor do que se pensa Foto:Shutterstock

Os animais de estimação ganham cada vez mais espaço na vida dos brasileiros. De acordo com dados do IBGE, eles já ultrapassaram a casa dos 52 milhões.

Esse número deixa o Brasil na quarta população de animais de estimação do mundo. No entanto, para alguns donos, eles parecem ser um problema. Espirros, além de coceira no nariz e olhos são alguns dos incômodos mais comuns relatados.

Notícias Relacionadas

MELHOR PESQUISAR

"O importante é manter a calma e buscar um especialista para fazer os exames possíveis atrás de um diagnóstico correto”, avalia Renata Becker, otorrinolaringologista do Centro de Rinites e Alergias do Hospital IPO, em Curitiba (PR). 

No entanto, de acordo com a especialista, o número de pessoas que são alérgicas especialmente aos animais é bem menor do que se pensa. E quando é detectado que a rinite é provocada por animais, uma opção é fazer um tratamento com base em vacina.

“Mas grande parte dos casos são provocadas por ácaro. Acontece que a descamação da pele dos animais favorece essa proliferação”, explica Renata. “Isso faz com que os animais, na maioria das vezes, sejam um catalizador nesse processo”, frisa. 

O QUE FAZER?

Preparamos uma lista para que os amantes dos animais de estimação possam prevenir as alergias:

  1. Evite a entrada do pet nos quartos;
  2. Não deixe o animal em áreas de permanência, como o sofá;
  3. Depois de brincar com o pet, troque de roupa, lave bem as mãos, os olhos e o nariz com soro fisiológico para evitar o contato do alérgeno com a mucosa;
  4. Após o banho, e antes de dormir, não brinque com o animal. Especialmente se já estiver vestido com pijamas; 
  5. Verifique a indicação de banhos nos animais com o veterinário e siga à risca;
  6. Busque auxílio de um otorrino para fazer o diagnóstico correto da rinite. Com isso, é possível realizar tratamentos mais adequados.
     
Da Redação
Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

BEM-ESTAR

  1. 1 Não consegue ir até a academia? Veja 5 dicas para treinar sozinha em casa
  2. 2 Quem nunca sofreu por amor? Veja dicas para aceitar o fim do relacionamento
  3. 3 10 alimentos que podem mudar sua vida para melhor
  4. 4 Leite: veja os benefícios, nutrientes e importância de consumir a bebida
  5. 5 Câmara aprova projeto que garante plástica reparadora de mama pelo SUS