AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Após se declarar gay, Diego Hypolito curte tarde na praia em clima quente com loira

Atleta, que se declarou gay ao lançar sua biografia, foi flagrado em momento romântico no Rio de Janeiro

Da Redação Publicado em 18/06/2022, às 11h07

Diego Hypolito ficou em clima de romance com loira na Praia da Barra da Tijuca. - Fabricio Pioyani/ AgNews
Diego Hypolito ficou em clima de romance com loira na Praia da Barra da Tijuca. - Fabricio Pioyani/ AgNews

Diego Hypolito foi flagrado pelo paparazzo, na última sexta-feira (17), curtindo a tarde de sol com uma loira anônima em um quisque na Praia da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ). O ginasta, que se declarou gay ao lançar sua biografia em 2019, beijou a moça e, inclusive, lambeu os dedos dela.

No maior clima de intimidade, Diego ainda chegou a escolher biquínis de um ambulante junto com a jovem. Os dois ainda se beijaram e ficaram tomando drinques de frente ao mar.

Na época do lançamento do livro, a vida amorosa do ginasta passou a ser foco da mídia. Na ocasião, ele contou ao programa "Sensacional", da RedeTV!, que estava namorando um rapaz há cerca de um ano. Mas não revelou a identidade do amado na ocasião.

No entanto, o Jornal Extra descobriu quem era o felizardo. Tratava-se de um advogado renomado, membro de uma família conhecida no Maranhão, que vivia no bairro do Jardins, em São Paulo (SP).

diego hypolito
Crédito: Fabrício Pioyane/AgNews
diego hypolito
Crédito: Fabrício Pioyane/AgNews
diego hypolito
Crédito: Fabrício Pioyane/AgNews

ORIENTAÇÃO SEXUAL

Diego contou ao UOL que sempre sofreu por precisar esconder sua sexualidade, e desde cedo a via como um fator negativo.

"Quando eu tinha uns dez anos, um treinador foi dizer para a minha mãe que ela devia mudar minha educação para que eu não virasse gay. Ela veio falar comigo, preocupada. Eu era muito inocente, nem sabia o que era isso. Mas isso me marcou", disse.

ORIENTAÇÃO SEXUAL

Diego contou ao UOL que sempre sofreu por precisar esconder sua sexualidade, e desde cedo a via como um fator negativo.

"Quando eu tinha uns dez anos, um treinador foi dizer para a minha mãe que ela devia mudar minha educação para que eu não virasse gay. Ela veio falar comigo, preocupada. Eu era muito inocente, nem sabia o que era isso. Mas isso me marcou", disse.

{# Taboola Newsroom #}