AnaMaria
Famosos / Famosos

Datena critica decisão de Neymar ao fazer festa em meio à pandemia: ''É mais um''

Apresentador do 'Brasil Urgente' usou o blog para apresentar sua opinião

Da Redação Publicado em 29/12/2020, às 15h48 - Atualizado às 15h48

José Luiz Datena critica Neymar por dar festa em meio à pandemia - Instagram/ @datenareal // @neymarjr
José Luiz Datena critica Neymar por dar festa em meio à pandemia - Instagram/ @datenareal // @neymarjr

O jogador de futebol Neymar está sendo bastante criticado por vários famosos após decidir que faria uma festa com duração de 5 dias e diversos convidados. Segundo o jornal ‘O Globo’, o total seria de 500 pessoas, mas a agência Fábrica, responsável pela organização do evento, afirmou que seriam 150 e que aconteceria “com todas as licenças dos órgãos competentes necessárias para a sua realização”.

No entanto, essa constatação não impediu queJosé Luiz Datenacriticasse, em seu blog, a festa em Mangaratiba que está acontecendo em meio à pandemia do novo coronavírus. “Eu tô vendo o negócio do Neymar...Eu jamais quero defender o Neymar, não é isso, mas velho, se for falta de respeito, o que tem de falta de respeito no Brasil, porque parece que nós estamos vivendo em outro planeta, não é em outro país”, iniciou.

O apresentador do ‘Brasil Urgente’ ainda citou o que está acontecendo no mundo. “Estava lendo os jornais de madrugada, e tem conselho de defesa da França se preparando para o caos. São três mil mortos por dia nos Estados Unidos, são quase 120 mil pessoas internadas todos os dias na maior potência do planeta, 200 mil casos por dia dos Estados Unidos. A doença se espalhando pela Europa, uma nova cepa que aparece aí, ninguém sabe se a vacina que estão fazendo agora serve pra nova cepa e as praias do Brasil estão lotadas. Os bares do interior estão lotados. Festas no interior, em São Paulo, baile funk, baile do bacana, tudo lotado”, exclamou.

Logo em seguida, o jornalista disse o que pensa. “O Neymar é mais um em um país que eu não entendo o que está acontecendo aqui, sinceramente eu não entendo. Ele é mais um entre milhões de brasileiros que não estão acreditando que o mundo acabou, as pessoas não estão acreditando que essa doença é verdadeira, é um negacionismo desgraçado. Parece que a gente está vivendo em um país fora do Planeta Terra. Parece que a gente está vivendo independentemente do mundo da Lua, ou de Marte, ou sei lá o que. Então o Neymar é mais um desses caras todos aí”, concluiu.

E finalizou: “É claro que o cara tem que dar exemplo e daí por diante, e tal, mas quantos Neymar tem no Brasil? Neymar tem que dar exemplo, porque é um grande jogador da seleção brasileira, mas igual ao Neymar quantos milhões tem no Brasil fazendo festa, balada e daí por diante, não é?”.

GABIGOL

Após a polêmica envolvendo Neymar e a festa de ano novo em plena pandemia, internautas se surpreendem ao saber que Gabigol também está organizando uma comemoração para a virada do ano. O jogador do Flamengo alugou uma mansão na zona oeste do Rio de Janeiro, para passar o réveillon reunido com amigos. 

Ele proibiu que os convidados publicassem qualquer coisa sobre o evento para que as informações não fossem a público. Mesmo assim, detalhes sobre a balada foram divulgados pelo jornalista Leo Dias, na última segunda (28). O colunista do Metrópoles contou que fontes próximas ao atleta reforçaram a preocupação dele em manter o evento em sigilo. 

Segundo Ancelmo Gois, do jornal 'O Globo', cerca de 50 pessoas foram convidadas.