AnaMaria
Famosos / fora da casa

Eduardo Costa rebate falas de Victória Villarim em 'A Fazenda': ''Ela usou o meu nome''

O cantor alega que, mesmo após a separação, ele pagou apartamento e pensão à modelo

Da Redação Publicado em 29/10/2020, às 14h40 - Atualizado às 14h43

O sertanejo deu uma entrevista à coluna de Leo Dias, do Metrópoles - Instagram/@eduardocosta | Reprodução/Record TV
O sertanejo deu uma entrevista à coluna de Leo Dias, do Metrópoles - Instagram/@eduardocosta | Reprodução/Record TV

Eduardo Costase pronunciou, durante uma entrevista ao jornalista Leo Dias, do Metrópoles, sobre as acusações feitas pela ex-noiva, Victoria Villarim, dentro de 'A Fazenda 12' (Record TV).

"Eu não assisto, mas acabei assistindo porque é tanta gente me marcou que eu sei tudo o que aconteceu. Primeiro, eu não quero mal a Vitória, mas existem algumas coisas que eu preciso me defender. A primeira coisa que ela fez quando terminamos, ela falou mal de mim. Ela falou que eu era agressivo, eu fui atacado de tudo quanto é jeito, eu vi minha vida transformada. Eu sou pacato, submisso às mulheres. Se eu já exagerei foi porque dei beijo de mais e não porque dei tapa", explicou.

De acordo com o sertanejo, ele não tem nenhum problema com a modelo, mas acabou ficando magoado com as falas que ela fez dentro do programa.

"A gente não tem problema nenhum. Eu vejo ela entrando em A Fazenda: fulana, ex do Eduardo Costa. Se você não gosta mais de mim, por que você entrou neste ambiente usando nome dessa pessoa? E ela usou o meu nome. Lá dentro, se falou em violência. Gente, eu nunca fui violento. Se fala que tinha fotos em celulares, com agressões. Poxa, vida", disse ele.

PENSÃO

Em outro momento da entrevista ao veículo, Eduardo Costa disse que Victoria chegou a continuar morando em sua mansão mesmo após o término do relacionamento. Inclusive, ele alugou um apartamento mobiliado e pagou uma pensão de um ano para a modelo. 

"Nós nos separamos numa boa. Eu terminei o relacionamento. Isso não é mérito. Terminei gostando dela, terminei porque nossas ideias não estavam batendo. Nós terminamos, ela ficou quatro meses morando na minha casa, dormindo em outro quarto. Eu aluguei um apartamento, arrumei um carro, paguei uma pensão por um ano pra ela. Foi tudo documentado, com reconhecimento em firma. Acabou agora em junho. Aluguei um apartamento mobiliado para que ela tivesse uma vida confortável", falou.

QUEBRA DE CONFIANÇA

No entanto, a relação amigável desandou após ela ficar com um amigo muito próximo do cantor. De acordo com ele, houve uma quebra de confiança.

"Durante esse tempo, eu fiquei contrariado, fiquei triste, p***, quando ela ficou com uma pessoa que era cria da minha casa. Ela não me traiu, só que existe um código de conduta. Eu não mando em mulher, se ela tivesse arrumado um namorado que não fosse meu amigo, ela poderia  me apresentar e trazer na minha casa. A Lilian, mãe da minha filha, mora na minha casa, e traz o namorado aqui", analisou.