AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / SOLTOU OS CACHORROS

Ex-repórter da Globo processa a emissora por forçá-la a perder peso

Veruska Donato, ex-repórter da Globo, processa a emissora por assédio moral

Redação Publicado em 09/02/2023, às 13h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Veruska Donato, ex-repórter da Globo, processa a emissora antiga - TV Globo e Instagram/@veruskadonato
Veruska Donato, ex-repórter da Globo, processa a emissora antiga - TV Globo e Instagram/@veruskadonato

Soltou os cachorros! Veruska Donato, ex-repórter da Globo, entrou com um processo contra a emissora na qual passou 21 anos trabalhando. A jornalista está cobrando supostas dívidas trabalhistas que acumula, e afirma ter sofrido assédio moral em relação à sua aparência, uma das razões pelas quais a Síndrome de Burnout da loira se agravou. 

A ação em nome da famosa vale, no total, R$13 milhões. Veruska pede um reconhecimento dos 18 anos de seu serviço na Globo no formato CLT, e não pelo regime de pessoa jurídica pelo qual trabalhou de 2001 a 2019.

Segundo seus advogados, a rede fez uma manobra fraudulenta para prejudicar a apresentadora. Ela foi contratada com carteira assinada em 2001. Já no ano seguinte, foi demitida e recontratada no dia seguinte, mas no modo de pessoa jurídica sem benefícios. As informações são da coluna Splash, do UOL. 

Outra acusação feita contra a emissora do plim plim foi que a síndrome desenvolvida pela repórter teria sido o motivo de sua demissão imediata. O INSS constatou em outubro de 2021 que a profissional deveria passar 77 dias afastada do jornal pela Síndrome de Burnout desenvolvida devido ao estresse no trabalho e, 5 dias depois de seu retorno, Veruska foi demitida.

Além disso, Donato garante que as participantes do jornal eram cobradas por suas aparências e assediadas moralmente. Em um dos arquivos anexados no processo, estava um e-mail enviado pela até então diretora de jornalismo da Globo em São Paulo no ano de 2011. No texto, ela pedia o uso de roupas "comportadas", sem "barrigas persistentes" nem "estômagos avantajados" à mostra. A chefe também orienta os supervisionados a evitarem tecidos apertados, por "representarem um perigo em potencial para o figurino".

A questão da idade também foi tratada na ação. A jornalista, que estava prestes a completar 50 anos, era criticada pelos chefes e pelos responsáveis pelo figurino se a famosa deixasse alguma flacidez, grodura ou ruga à mostra. A ex-participante do Bom Dia São Paulo afirmou que era vítima de etarismo.

No geral, os pedidos da ré incluem: Indenização pela doença ocupacional, indenização por danos morais e constituição de vínculo empregatício. 

Perguntada pela reportagem da Folha de S. Paulo, a assessoria da emissora afirma que "a Globo não comenta ações judiciais em curso. O que pode assegurar é que não existe nenhuma orientação nesse sentido para nossos profissionais".

SAÍDA POLÊMICA

Em novembro de 2021, a repórter afirmou que estava saindo da empresa paulistana para voltar para sua terra natal, Campo Grande. Em um texto no Instagram, Veruska afirmou não estava mais suportando aquele ambiente de trabalho. 

"Nos últimos anos ouvi amigos queridos aconselharem a "relaxar", "deixar pra lá", "as coisas agora são assim ", "um dia você acostuma ou adoece". Eu adoeci", escreveu. 

Hoje, a famosa apresenta o 'Balanço da Manhã', na Record.

Confira a despedida completa:

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!