AnaMaria
Famosos / EITA!

Felipe Neto, Gusttavo Lima e Zé Felipe trocam farpas nas redes sociais: ‘‘Lava a boca’’

O youtuber cobrou que os sertanejos se manifestem politicamente, porém foi mal-interpretado

Da Redação Publicado em 29/04/2021, às 11h11 - Atualizado às 11h12

O techo de uma live de Felipe Neto repercutiu nas redes sociais - Instagram/@gusttavolima, @zefelipecantor e @felipeneto
O techo de uma live de Felipe Neto repercutiu nas redes sociais - Instagram/@gusttavolima, @zefelipecantor e @felipeneto

Felipe Neto é um dos maiores críticos da atual situação política brasileira, especialmente diante da contenção da pandemia. Em live, na última terça-feira (27), o youtuber desaprovou as celebridades brasileiras pela omissão diante de tamanha crise sanitária e política, porém acabou gerando revolta de fãs e cantores sertanejos - entre eles Gusttavo Lima e Zé Felipe

Em um dos trechos da conversa, Felipe disse: “Não tem mais espaço para tolerar o inaceitável silêncio de grandes comunicadores deste país. Não tem mais tolerância. Quero parabenizar os artistas que usam seu espaço de maneira consciente, os cantores que vão na contramão, perdendo publicidade”.

Na sequência, alfinetou: “Agora quanto estão em silêncio? Cadê os artistas sertanejos? Cadê vocês? Estão fazendo o quê? Tem gente morrendo e a preocupação é livezinha enchendo a cara? Não fala uma frase?". 

Quem não gostou nada das críticas foi o cantor Zé Felipe, que prontamente se manifestou através dos Stories sobre a polêmica. “Primeira coisa que livezinha é a p... que te pariu. Segunda coisa: a cachaça que nós bebemos nas lives, não estamos pedindo para você pagar”, disse. 

“E terceira: os artistas populares que cantam forró e sertanejo tenho certeza que contribuíram muito mais com álcool em gel nessa pandemia do que você. Então lava a boca”, retrucou o filho de Leonardo

Gusttavo Lima também se envolveu na polêmica, porém afirmou não saber quem é Felipe Neto. “Quem é esse cara? Não o conheço, alguém me ajuda, por favor? Quero me inteirar do assunto", escreveu no Instagram. 

CONTEXTO

Após a polêmica, Felipe Neto voltou a comentar o assunto e explicou que o vídeo divulgado havia sido tirado de contexto. “Uma pessoa sem caráter corta um trecho de 20 segundos manipulando o que eu falei. Que é para fomentar o ódio, para as pessoas acharem que eu falei uma coisa que não tem nada a ver com o assunto que estava discutindo. Nesse caso, jogar os sertanejos contra mim”, disse.

Segundo ele, o professor Silvio Almeida, que também participava da live, o perguntou sobre o papel dos influenciadores no momento atual e que, a partir disso, usou os cantores sertanejo como exemplo devido ao grande alcance do ritmo musical. 

“Dentro desse embate contra o fascismo que vivemos, tem artistas que ficam em silêncio e isso não é mais aceitável. Repeti isso. Dentro do discurso fiz uma provocação aos sertanejos por ser uma classe artística onde a maioria dos mais famosos não se pronunciam a respeito do governo matando milhares de pessoas. Eu não queria criticar live nenhuma, não falei especificamente sobre o trabalho de ninguém”.

Vale lembrar que, em 2018, Gusttavo Lima foi um dos artistas que se posicionou a favor da candidatura de Jair Bolsonaro (sem partido). Por outro lado, o artista já doou 150 cilindros de oxigênio para Manaus (AM) quando o sistema de saúde estava em colapso.