AnaMaria
Famosos / Nostalgia

Fernanda Paes Leme deixa fãs nostálgicos ao resgatar clique antigo com Marcos Mion: ''Novinhos''

Atriz Fernanda Paes Leme compartilhou registro dos bastidores do seriado 'Sandy e Júnior' ao lado de Marcos Mion

Da Redação Publicado em 27/01/2022, às 18h39

Fernanda Paes Leme relembra clique antigo ao lado de Marcos Mion - Instagram/ @fepaesleme
Fernanda Paes Leme relembra clique antigo ao lado de Marcos Mion - Instagram/ @fepaesleme

Fernanda Paes Lemeresolveu entrar no clima de TBT, nesta quinta-feira (27), ao resgatar um clique antigo com Marcos Mion, da época em que contracenavam juntos no seriado 'Sandy e Júnior'.

Na foto compartilhada no perfil da atriz no Instagram, ela e o apresentador, bem jovens, posam juntinhos nos bastidores da atração global.

“Saca a pose de quem sabe segurar uma guitarra. #tbt com Mionzera só porque quero ir no Caldeirola, Marcos Mion”, escreveu Fernanda na legenda da publicação.

Ao se deparar com a lembrança da amiga, Mion fez questão de responder: "Feeee! Eu quero você no Caldeirola ONTEM! Vamos armar urgente!”.

Os seguidores ficaram bastante nostálgicos com o post da artista e lotaram e deixaram inúmeras mensagens carinhosas. "Gente, a caraaaa do Romeu", observou Rafa Brites, comentando sobre a semlhança do apresentador com o filho. "Caramba, bateu uma nostalgia agora", disse outra internauta. "Que novinhos", completou um terceiro.

EITA!

Marcos Mion provou que vai defender o que acredita até o fim - até mesmo nas redes sociais. Após receber um comentário atravessado do Padre Júlio Lancellotti, sacerdote conhecido por atuar em muitas causas sociais, o apresentador do ‘Caldeirão’ decidiu soltar o verbo e expor sua opinião.

Tudo começou quando o Padre Júlio republicou uma manchete em que era revelado o preço pago por Mion em seu tênis para apresentar o ‘Caldeirão’. Supostamente, o valor ficaria ao redor de 80 mil reais, o que incomodou o sacerdote.

“Causa tristeza tanta desigualdade!”, alfinetou o religioso.

Na sequência, Mion fez questão de responder a postagem, explicando sua opinião e revelando o que realmente aconteceu com a compra do calçado.

“Querido Padre Júlio, preciso deixar claro que essa notícia quer causar exatamente esse efeito: choque. Eu não paguei e nunca pagaria esse valor em um tênis. Existe um mercado de hipervalorização de tênis, como de qualquer outro produto, mas eu não faço parte dele. Esses tênis que eu tenho, que atingem esses valores neste mercado paralelo, ou eu ganhei da marca ou comprei na loja, no lançamento, pagando o valor de mercado”, começou.

Solidarizando com as atitudes do Padre Júlio de ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade, ele completou: “Eu tenho 100% de consciência do meu lugar de privilégio e, por isso mesmo, levo como obrigação ajudar ao próximo, como já fiz, por exemplo, doando e também divulgando as suas causas. Aproveito a oportunidade para lembrar que estou sempre à disposição para ajudá-lo em suas grandes causas e reitero a admiração que tenho pelo seu trabalho abençoado”.