AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Guilherme de Pádua sobre assassinato de Daniella Perez: ''Vou trazer coisas''

Ex-ator Guilherme de Pádua fez uma série de críticas ao documentário 'Pacto Brutal', da HBO Max

Da redação Publicado em 25/07/2022, às 09h48

Guilherme de Pádua - Reprodução
Guilherme de Pádua - Reprodução

Guilherme de Pádua não gostou do documentário 'Pacto Brutal', da HBO Max, que traz à tona o assassinato da atriz Daniella Perez. Em vídeo publicado no Instagram, no último domingo (24), ele ameaçou expor sua versão dos fatos, além de novas evidências sobre o crime, uma vez que a produção não quis ouvi-lo para a série.

Na gravação, o ex-ator afirmou que já assistiu aos dois episódios do documentário e revelou que sentiu tristeza e opressão. Entretanto, fez questão de lembrar que tem certeza que os envolvidos no caso, sobretudo a família da atriz, sofreram muito mais com o ocorrido.

Em outro momento, Guilherme criticou a série, afirmando que se trata de uma produção parcial, ou seja, que só mostra um lado da história. "Um trabalho de investigação, um jornalismo investigativo, ele pretende trazer à luz todas as evidências, as provas e apresentar as hipóteses, que cabem, com a dinâmica do que foi descoberto, com as provas, com as perícias", disse.

"O HBO perdeu essa oportunidade, lendo uma reportagem, parece que foi imposto essa condição. Para fazer essa série, não poderia ter nenhuma participação dos réus, no caso eu e minha ex-mulher [Paula Thomaz] e a versão é absolutamente a versão da acusação", afirmou. Vale lembrar que Gloria Perez exigiu que os assassinos e suas defesas não fossem ouvidos para a produção.

Ele ainda ressaltou que poderia quebrar algumas teses defendidas no documentário. "Sem ter acesso aos autos, só no que eu me lembro de cabeça, porque eu precisei refrescar muita coisa, assistindo o programa, eu consigo quebrar de forma devastadoras, algumas teses do que foi apresentado. É tão fácil, tão óbvio certas coisas que eles não vão dar acesso a vocês telespectadores."

As críticas foram direcionadas à HBO por não apresentar o lado dos réus do caso. "Um canal tão famoso, tão profissional dar uma bobeira dessas, deixar uma lacuna para que um concorrente possa apresentar as provas, as evidências que estão sendo ocultadas de você que está assistindo essa série."

Por fim, Guilherme deixou claro que pretende apresentar sua versão do assassinato. "Não é pra dizer acredite na minha versão, mas pra você mesmo pensar, né? Coisa que eles não estão fazendo, como aquela imprensa marrom, aquela imprensa que é tendenciosa que quer puxar a sardinha para um lado, essa série está totalmente baseada somente na versão da acusação."

Daniella Perez foi assassinada aos 22 anos em 1992 por Guilherme de Pádua e Paula Thomaz. Na época, ela contracenava com o ator na novela 'De Corpo e Alma', escrita por Gloria Perez.

'Pacto Brutal' tem cinco episódios. Os dois primeiros já estão disponíveis no streaming e os restantes serão disponibilizados na próxima quinta-feira (28).